-publicidade-

Xbox Series X: Nossas Impressões sobre o novo console da Microsoft

Xbox Series X imagem promocional
Divulgação

Meses após muita espera por parte do público, e diversos anúncios realizados neste período, a nova geração de consoles da Microsoft está finalmente chegando ao mercado na próxima semana. E claro, como é de conhecimento, desde o início da sua campanha a empresa vem prometendo o console mais potente da nova geração com o Xbox Series X. Felizmente, agora podemos responder essas questões dias após botarmos as mãos no mesmo e testar alguns títulos otimizados.

A chegada da nova geração com o Xbox Series X

Foram meses de muitas perguntas geradas na internet, a nova geração dos consoles está chegando ao Brasil primeiro com o Xbox Series X e Series S. E claro, uma das primeiras questões que devem ser levadas em consideração ao configurar o seu console é justamente os ajustes necessários na sua TV. Não esqueça isso, pois é algo realmente importante para uma grande melhora nas imagens. Como já citado, a minha experiência neste momento foi limitada ao Series X, então é sobre ele que vamos falar um pouco a partir daqui.

É extremamente fácil destacar que a minha primeira impressão com o console foi extremamente positiva. O primeiro motivo para isso foi justamente logo após o meu unboxing, já que reparei que o mesmo é mais leve e menor que o esperado. Passado este momento, as configurações do mesmo quando ligado também conseguiram me convencer de que trata-se realmente de um console poderoso.

- publicidade-

Mudanças foram feitas para a interface do console, e também aplicadas no Xbox One, algo que reparei no meu aparelho. A grande novidade aqui, talvez, seja justamente o fato de que excessos foram eliminados na sua dashboard. Além disso, a mesma é mais acessível para organização, ou até mesmo para chegar aos seus aplicativos e jogos usados recentemente.

Ainda assim, neste ponto o interesante também é o fato de que você pode fixar jogos em seu menu principal de acordo com o seu gosto. Ou seja, fazendo assim com que você tenha um acesso extremamente mais rápido ao título que deseja jogar no momento. Entretanto, todo o resto envolvendo menos de apps e caminhos para acessar configurações e jogos segue o mesmo do Xbox One.

Além disso, toda a dinâmica já iniciada pela Microsoft envolvendo os seus aparelhos e o aplicativo seguem funcionando perfeitamente. Inclusive, realizei toda a configuração do Xbox Series X de forma remota para testar tal recurso.

Xbox Series X, os jogos otimizados e o futuro que está por vir

- publicidade -

Com a interface nova apresentada, e o Xbox Series X, partimos então para o que realmente interessa: a entrada de uma nova geração e diversos títulos que são esperados pelo público. Neste primeiro momento tivemos acesso a uma seleção de títulos enviada pela Microsoft, estando alguns deles otimizados e outros não. E mesmo os que não estavam com tal função, com tudo configurado, é claramente possível notar uma diferença entre as gerações através das qualidades das suas imagens.

Alguns dos títulos que fiquei muito focado em testar as experiências otimizadas foram Gears 5, Gears Tactics e Forza Horizon 4, nos quais posso afirmar com clareza uma melhora na sua reprodução, com excelentes gráficos em 4k e 60fps, que por sua vez são complementados por uma demonstração do processo de velocidade que será oferecido aos consumidores através do console que chegará ao mercado mundial (incluindo o Brasil) no dia 10 de novembro.

Além disso, vale lembrar que já a partir do seu lançamento o console contará com uma lista composta inicialmente por 30 títulos (link ao final da postagem) que já estarão disponíveis e otimizados ao público, alguns através da função smart delivery. Entretanto, valem a pena ser citados, além dos Gears 5 e Dirt 5, títulos como Assassin’s Creed Valhalla, Watch Dogs Legion, Yakuza: Like a Dragon, Ori and the Will of the Wisps e Forza Horizon 4.

Um pouco sobre o que vi do Ray Tracing

Gears 5 no xbox series x
Divulgação

É também por conta desta experiência com Gears 5, assim como em Forza Horizon 4, que podemos falar sobre aumento significativo em sua qualidade. Tudo passa por uma incrível otimização no Xbox Series X por conta da sua tecnologia Ray Tracing, fazendo assim como que possamos ter em mãos um produto de ainda maior qualidade.

Com o tempo você até vai se acostumando com a qualidade apresentada pela nova geração, mas inicialmente ela é perceptível. Seja em cenas mais escuras, ou claras, a tecnologia se faz extremamente presente e chamativa aos olhos de um novo usuário.

- publicidade -

Os detalhes ficam melhores, assim como os reflexos. Entretanto, o que chama mais atenção é, sem qualquer dúvida, a otimização das texturas e também das sombras apresentadas nas cenas. É algo interessante para este início, visto que ainda iremos de fato entrar na nova geração somente daqui a alguns dias com títulos já pensados para este console em questão. Ou seja, com certeza momentos de grandes impressões estão por vir.

Inicialização rápida de jogos (Quick Resume)

Esta pra mim, ao lado do Ray Tracing, é uma das melhores novidades da geração Xbox Series X | S. E com isso, é claro, testei ela o máximo que consegui utilizando a unidade do Xbox Series X que tive acesso. Jogos como Madden NFL 21, Batman Arkham Knight, DOOM Eternal, e até mesmo Ori And the Will of the Wisps já estão equipados com tal tecnologia. E claro, isso são apenas alguns exemplos.

O carregamento é, de fato, extremamente rápido e muito animador no Quick Resume por diversos motivos. O primeiro deles, obviamente, envolve justamente o fim de certos tempos de espera para os jogos com tal tecnologia. Entretanto, talvez o que eu mais goste é do fato de poder simplesmente trocar de jogos e retornar para o antigo justamente de onde parei.

Afinal, o maior forte de tal tecnologia é justamente quebrar aquele tempo monótono de iniciar um jogo e ter que esperar até que finalmente possamos voltar a seguir com nossa história. Ao que tudo indica, isso está agora com dias contados. E eu sei que muitos irão ficar extremamente gratos e surpresos com essa novidade, já que nada é melhor do que poder voltar a aproveitar um jogo tão rapidamente quanto quando você o fechou anteriormente.

Novo D-Pad e botão compartilhar se destacam no controle

Para quem já está acostumado com o controle do Xbox One, a maior novidade para o Xbox Series X envolve a existência de um botão compartilhar localizado exatamente ao seu centro. Entretanto, é o novo D-Pad que com o tempo irá se destacar em suas mãos. Isso acontece pelo fato de que ele perdeu aqueles espaços fundos, passando agora a ser totalmente preenchido. E claro, fazendo assim com que tudo se encaixe ainda melhor em sua jogabilidade.

Além disso, outro fato que merece destaque é que o novo controle do Xbox Series X não é totalmente liso. O mesmo é um pouco aspero em suas extremidades, o que nos dá um conforto e segurança ainda melhor durante as muitas horas de jogo que estão chegando.

Por sua vez, os botões de ombro também passaram por uma melhora no material. Enquanto o LB e o RB apresentam uma sensibilidade maior, os LT e RT, também referenciados por muitos como gatilhos, se adequam melhor ao formato dos dedos e apresentam uma qualidade e resistência maior que o seu antecessor.

Podemos citar ainda que o controle do Xbox Series X passou a ter uma entrada USB-C no lugar da antiga micro-USB, permitindo assim uma transferência de dados em maior velocidade e também uma carga mais rápida (caso você utilize baterias). As outras duas entradas já eram apresentadas nas versões mais recentes dos controles do Xbox One, tratando-se da entrada para fone de ouvido P2 e uma porta de expansão para o headset proprietário do Xbox.

O hardware do Xbox Series X promete potencia em um design de torre

Constantemente referenciado pela Microsoft como o console mais potente da nova geração, o Xbox Series X realmente está chegando ao mercado com este título comprovado em números. Como já destacado pela empresa anteriormente, o mesmo conta com um AMD Ryzen e uma arquitetura Zen 2, sendo ainda acompanhado por oito núcleos de 3.8 GHz – ou 3.6 GHz no modo SMT (Simultaneous Multi-Threading). Por sua vez, a sua memória RAM GDDR6 é de 16 GB, com 10 rodando a 560GB/s e 6 GB rodando a 336 GB/s.

Para complementar todo esse poder já citado, a sua placa de vídeo também é composta por uma arquitetura personalizada e baseada na família RDNA 2 da AMD, contando assim com 52 unidades de execução (Compute Unit ou CUs), com 1,825 GHz e um desempenho computacional de 12,1 teraflops.

Além disso, como a própria Microsoft também já fez questão de destacar, a presença das tecnologias mais recentes das arquiteturas “Zen 2” e RDNA 2 da AMD fazem do Xbox Series X | S os únicos consoles da nova geração a contar com um suporte total de hardware para todos os recursos RDNA 2 que a AMD apresentou.

O design do Xbox Series X, por sua vez, é aquele já conhecido por diversas imagens. Trata-se realmente de uma torre, lembrando muito mais um gabinete de computador que um vídeo game. Entretanto, o tamanho foi a grande surpresa quando tive a oportunidade de lhe tirar da caixa, já que ele não é maior que uma caixa de sapatos. A diferença aqui, no entanto, é que trata-se de um console com cerca de 4,4 kg de peso e uma enorme potência.

Na parte de trás, o Series X ainda conta também com duas entradas USB 3.0, cabo Ethernet, saída para HDMI 2.1, a entrada para o cartão de expansão de armazenamento SSD, e o cabo de força. Por sua vez, desta vez também temos a eliminação da gigantesca fonte que nos era apresentada no Xbox One. Desta vez a Microsoft cuidou de incluir uma fonte interna e bivolt na parte interna do seu console, no entregando assim somente um cabo de força comum para ligar o mesmo nas tomadas.

Afinal, o Xbox Series X esquenta?

Xbox Series X
Divulgação

Eu acredito que esta é sempre uma constante (e talvez a maior) preocupação para jogadores e jogadoras durante a troca de gerações. E, obviamente, isso envolve justamente o medo de que um console possa ou não vir a ter problemas no futuro. Pois bem, neste caso você pode ficar bem mais tranquilo em relação ao Xbox Series X.

Mesmo com 12 teraflops, estrutura RDNA 2, e uma performance extremamente rápida, o novo console da Microsoft não apresentou situações de esquentar de forma preocupante enquanto eu realizava todos os testes necessários. Na verdade, ele quase não esquentou quando passei a usar da forma “correta”.

Bem, neste ponto eu explico: Quando utilizei o Xbox Series X deitado, o que muitos podem fazer se quiser, o mesmo ficou em uma temperatura morna. Ele não ficou quente, e longe da temperatura apresentada pelo Xbox One, mas após 7 horas de uso começou a apresentar uma leve alteração na sua temperatura.

Já no dia seguinte eu decidi colocar o console em pé, como ele aparece em basicamente todas as suas imagens promocionais. E a partir de então é como eu tenho usado através das minhas horas de jogos ao longo dos últimos dias, sendo que um dia ele ficou quase 14 horas ligado direto. O resultado? Nada quente, apenas um pouco morno na sua ventilação, e nada mais. Uma experiência excelente, diga-se de passagem.

Sobre barulhos? Nenhum. Não tem nem o que falar, já que o Xbox Series X ligado parece que está sem funcionar.

Vale a pena comprar o Xbox Series X?

Xbox Series X power your dreams
Divulgação

Na minha opinião, com certeza. O Xbox Series X está realmente chegando ao mercado para criar uma grande competitividade na nova geração, possuindo ainda uma grande expectativa rondando o seu futuro no momento.

Levando em consideração o serviço de assinatura Game Pass Ultimate, com a presença de mais de 100 jogos gratuitos, somados ainda aos lançamentos que chegarão no futuro, uma coisa é fato: não fatará diversão para aqueles que escolherem seguir em frente com a aquisição do novo console da Microsoft.

Desde o início ele mostra um resultado poderoso voltado para os seus jogos, sejam eles otimizados ou não, além do fato de que com certeza teremos muitas novidades reveladas ao longo dos próximos meses. E claro, a chegada da primeira geração de jogos já pensados para utilizar todo o poder que poderá ser utilizado por esta incrível e potente máquina. Eu, como um jogador de console, fiquei extremamente satisfeito com o que me foi apresentado neste primeiro momento.

Ah, e lembre-se: o Xbox Series X possui ainda a vantagem de retrocompatibilidade. Ou seja, os jogos do Xbox One, Xbox 360 e Xbox seguirão disponíveis para os seus usuários. Ou seja, logo de início você conta com uma gigantesca biblioteca de títulos para serem aproveitados.

*Texto escrito a partir da experiência no Xbox Series X, com o console fornecido pela empresa.

Antes anunciado por R$ 4.999,00 agora o Xbox Series X teve o seu preço reduzido oficialmente para R$ 4.599,00. Por sua vez, o Xbox Series S teve uma redução um pouco menor: de R$ 2.999,00 para R$ 2799,00. Os pacotes incluem o console, um controle e os cabos necessários para o funcionamento dos dispositivos.

Confira também: 

* Xbox Series X|S sofrem redução de preço antes do lançamento no Brasil

Xbox Series X | S: 30 jogos que estarão disponíveis no dia do seu lançamento

Não deixe de acompanhar todas as notícias diárias sobre filmes, séries e games do Jornada GeekAproveite também para curtir a nossa página no facebook, além de nos seguir no twitter e instagram.
-publicidade-

Notícias relacionadas

Xbox Series X: Nossas Impressões sobre o novo console da Microsoft
Marco Victor
Fundador do Jornada Geek e formado em Jornalismo, mas também um grande amante de filmes e antigo frequentador de locadoras. Outras paixões também existentes estão em Séries de TV, HQs, Games e Música. Considera Sons of Anarchy algo inesquecível ao lado de 24 Horas, Vikings e The Big Bang Theory. Banda preferida? São muitas, mas Slipknot ocupa um lugar especial. Espera ansioso por qualquer filme de herói, conseguindo viver em um mundo em que você possa amar Marvel e DC apesar de ter no Batman e As Tartarugas Ninja como os seus heróis favoritos.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

543,036FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,468SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: Xbox Series X: Nossas Impressões sobre o novo console da Microsoft

Últimas Postagens

Mank | Conheça o filme da Netflix estrelado por Gary Oldman

Com o seu desenvolvimento já confirmado há diversos meses, o filme Mank foi recentemente lançado pela Netflix como uma das suas principais estreias para...

Reis de Joanesburgo | Saiba tudo sobre a nova série da Netflix

Com o seu desenvolvimento já confirmado há algum tempo, a série Reis de Joanesburgo chegou recentemente ao catálogo da Netflix. E assim, agora reunimos...

Break – O Poder da Dança | Conheça o novo filme da Netflix

Com o seu lançamento já tendo acontecido há algum tempo na França, o filme Break - O Poder da Dança chegou recentemente ao catálogo...

Disney+ | Os filmes e séries lançados em 04 de dezembro

Como já foi destacado há alguns dias, as sextas-feiras serão marcadas no Disney+ pela adição de algumas novidades em seu catálogo. E assim, os...

Fear The Walking Dead | Série é renovada para 7ª temporada

Com sua 6ª temporada atualmente em exibição nos EUA, a série Fear The Walking Dead volta a ser destaque na mídia. E assim, as novidades envolvem...