-publicidade-

THE INPATIENT | Suspense ou terror?

Se você deseja uma experiência imersiva no PlayStation VR, certamente não vai se arrepender

Em janeiro deste ano, a Supermassive Games lançou no mercado The Inpatient, um thriller de terror para PlayStation VR, acessório de realidade virtual do PlayStation 4. O game se propôs explicar a origem dos wendigos, criaturas sobrenaturais que fazem parte da mitologia do povo indígena da América do Norte.

Mas o que The Inpatient tem a ver com essa mitologia? No universo desenvolvido pela Supermassive, Until Dawn, lançado em 2015 para PS4, introduziu os wendigos como vilões de uma narrativa bem amarrada e com diversas possibilidades de finais, com base no efeito borboleta. O lançamento do PSVR é um prequel do jogo de 2015, ou seja, mostra como Blackwood Pines ficou infestada pelos monstros.

E será que The Inpatient é um jogo tão bom como Until Dawn foi? Prepare-se (im)paciente, chegou a primeira review de VR do Jornada Geek!

O que eu tô fazendo aqui?

Logo que The Inpatient começa, essas serão as suas primeiras perguntas, provavelmente: “Quem sou eu?” e “O que estou fazendo aqui?”. Sem muitas informações, você começa a ser interrogado por Jefferson Bragg, o dono do Blackwood Pine Sanatorium, enquanto está sentado em uma cadeira e amarrado. Bragg, que já foi introduzido em Until Dawn (para quem não se lembra, você encontra o cadáver dele e um bilhete suicida no capítulo 9), começa a te fazer perguntas sobre algo que você realmente não fará ideia do que ele tá falando, e você vai acabar se passando como louco.

Como consequência do seu “interrogatório”, você vai para uma cela e é trancado. A história começa a se desenrolar a partir desse ponto, quando os dias começam a passar lentamente. Entre uma visita e outra da equipe de enfermagem, uma lembrança ou um futuro imaginado, um outro paciente chega ao seu quarto, também com diversos questionamentos sobre o porquê de estar ali. Qualquer detalhe que eu disser a partir daqui sobre a história, será um spoiler, então, é hora de dar uma segurada nesses detalhes.

- publicidade-

The Inpatient
Foto: Divulgação

Mas, de forma geral, The Inpatient traz uma narrativa interessante. Se você se lembra de Until Dawn, os wendigos são formados após um humano, que passou muita fome durante um inverno rigoroso, se tornar um canibal. The Inpatient cita os trabalhadores que foram resgatados no desabamento na mina e o porquê eles foram levados ao sanatório, o que cria um laço interessante entre os dois jogos.

Jogabilidade VR

The Inpatient é um game que necessita somente do VR e do DualShock 4 para ser jogado. O kit move, aqui, é dispensável. O ideal é jogar sentado, usando a visão do acessório como se fosse a cabeça do jogador, com giros de 180°. Olhar para trás e definir a direção que está andando são comandos que devem ser dados diretamente no controle.

- publicidade -

No entanto, movimentar-se é bastante travado. Parece que o nosso personagem realmente está dopado, de tão lento que são os movimentos. Felizmente, o jogo tem poucas cenas de ação e não requerem muita agilidade do nosso personagem. Por fim, a lanterna que usamos é outro problema, apontada através da posição do DualShock.

The Inpatient
Foto: Divulgação

Além disso, o jogo traz comandos de voz em português, que podem ser utilizados para responder as perguntas que são feitas à você. Em boa parte de The Inpatient, você vai passar respondendo esses questionamentos, então, é um recurso bastante interessante para alguns momentos.

Outro detalhe importante que auxilia na imersão é a qualidade gráfica e sonora. O jogo possui gráficos realistas e uma trilha sonora bem imersiva, que te deixa realmente dentro do jogo. Até mesmo os poucos sustos que você vai levar ficam mais interessantes assim…

Veredito

The Inpatient é um bom jogo. Não é acima da média, nem deixa a desejar aos gamers, cumprindo aquilo que prometeu. É bem verdade que umas melhorias nos movimentos cairiam bem, mas é uma questão de adaptação. Com pouco mais de 2h de duração, o título não é cansativo e pode ser terminado de uma só vez. O preço, no entanto, afasta os jogadores por conta da sua curta duração: R$ 149,99, disponível na PlayStation Store e no varejo.

Mas se você deseja uma experiência imersiva no óculos de realidade virtual do PlayStation 4, certamente não vai se arrepender de jogar The Inpatient. Até porque o efeito borboleta proporciona diferentes finais e possibilidades de gameplay. No Metacritic, o título ficou com média de 59 pontos.

- publicidade -

Nota bom

*Cópia fornecida pela desenvolvedora.

-publicidade-

Notícias relacionadas

THE INPATIENT | Suspense ou terror?
Lucas Soares
Jornalista e fã de videogames desde criança. Já teve Mega Drive, Game Boy Color, PS1, PS2, PS3, PS Vita, Nintendo 3DS e agora tem PS4, PSVR e PC Gamer. Para ele, o melhor jogo da história é Chrono Trigger, mas Metal Gear Solid 3, Final Fantasy X, Red Dead Redemption 2 e The Last of Us completam o Top-5.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

541,193FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
22SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,443SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: THE INPATIENT | Suspense ou terror?

Últimas Postagens