-publicidade-

THE ELDER SCROLLS ONLINE: SUMMERSET | Muito mais que uma expansão

A expansão traz muito conteúdo ao já excelente MMORPG

Falar da série The Elder Scrolls, uma das mais consagradas no gênero de RPG de mundo aberto é sempre uma tarefa especial. Desde os seus primeiros títulos até o avassalador sucesso de Skyrim, lançado em 2011, que foi responsável pela saga chegar ao seu ápice. Porém, em 2014, a Bethesda, teve a brilhante ideia de lançar The Elder Scrolls Online, para PC, Xbox One e PlayStation 4, mesclando o estilo do título single-player com aspectos de MMORPG. E agora, na expansão Summerset, podemos observar muito mais do que uma simples expansão, algo que será mostrado nessa análise.

Se você está curioso pra saber as novidades e aventuras que te aguardam no universo de The Elder Scrolls Online: Summerset, fica de olho em mais uma crítica do Jornada Geek!

O que há de novo?

Summerset traz muitas horas de história principal e as já conhecidas side quests, sempre presentes nos RPGs.  Além disso, traz novos recursos, acrescentando novas experiências para os jogadores já situados e também para os novos, um dos focos da expansão. Para os novos jogadores já é possível começar dentro da nova zona e da nova trama, já que ela não foi feita apenas para jogadores em altos níveis, como é comum de se ver em MMORPGs. O nível do mundo e dos inimigos é equilibrado de acordo com cada jogador, sendo possível se aventurar com amigos mais poderosos, sem que isso atrapalhe a jogabilidade. Nesse ponto, acho que ESO: Summerset acertou em cheio, permitindo que a expansão seja proveitosa para todos os jogadores.

The Elder Scrolls Online
O início de Summerset. (Foto: Reprodução)

Para quem não joga há algum tempo, o título apresenta uma série de modificações a serem ressaltadas. Desde as expansões anteriores, The Elder Scrolls Online busca atender as demandas da comunidade, incluindo novas quests, itens e sistemas, aprimorando o que já funciona muito bem. Veja algumas das principais modificações implementadas:

  • O The Outfit System, por exemplo, permite uma maior customização dos personagens a partir das Outfit Stations encontradas por toda Tamriel.
  • Já o Sistema de Justiça expandiu ainda mais a liberdade de escolhas dentro do jogo, permitindo que os jogadores possam ser bons ou maus, adicionando furtos dentro dos estabelecimentos, possibilidade de se matar NPCs (e ser caçado por todos os guardas da cidade, acredite), bem como uma série de recompensas para as atividades elaboradas pelos jogadores.
  • O sistema Champion veio apra substituir os Veteran Levels, permitindo que os jogadores personalizassem e atualizassem seus personagens da forma que melhor lhes servir, sem precisar “grindar” por níveis.
  • A The Craglorn Zone, onde os jogadores mais experientes podem desfrutar de aventuras adicionais.
  • A adição de novas masmorras de níveis extremamente difíceis, onde é possível jogar com até 12 jogadores e ganhar recompensas especiais.
  • Aprimoramento nos gráficos e física dos combates, dando uma maior sensação de batalha e de controle do personagem; há também um renovado sistema de animação de faces e na aparência dos NPCs.

Summerset: A casa dos Altos Elfos

- publicidade-

A nova área acrescentada no jogo é ainda maior do que a do capítulo anterior, Morrowind. Ela oferece aos jogadores um belíssimo mundo para ser explorado. Os Altos Elfos (ou High Elves) são um povo mais reservado e zeloso, protetores de sua terra natal, além de exímios artesãos. Ao entrar em Summerset, você certamente se surpreenderá com toda a mística beleza dos elfos e suas cidades.

As aventuras vividas em Summerset ampliam ainda mais o cenário de The Elder Scrolls Online. Desde novas masmorras públicas, chefes dificílimos, uma história principal de qualidade e missões paralelas que auxiliam aos jogadores a conseguir novos itens. Existem também novas atividades feitas em grupo chamadas Gêiseres Abissais, com mais história para o jogo.

The Elder Scrolls: Online
As belezas de Summerset. (Foto: Divulgação)

A Psijic Order

- publicidade -

O jogo acrescenta também uma nova linha de habilidades que pode ser utilizada por qualquer classe. Uma vez que os jogadores iniciem as aventuras e descubram a ilha de Artaeum, lar da Psijic Order, será possível adquirir e atualizar sua linha de talentos. Surgirão cinco novas skills, sendo quatro delas passivas e uma habilidade final ativa que permite que o personagem volte quatro segundos no tempo, sendo de grande ajuda para o PvP.

A Psijic Order, bem como as Guildas de Lutadores e Magos contam com suas próprias histórias e linhas de missão, sendo os ganhos com cada uma delas progressivos, permitindo que seja possível adquirir novas habilidades.

The Elder Scrolls: Online
A Psijic Order. (Foto: Divulgação)

Veredito

The Elder Scrolls Online: Summerset torna o universo de The Elder Scrolls em algo ainda melhor. Desde significativo aumento do mapa e das aventuras, o jogo corrige uma série de erros, aprimora seus gráficos e aprimora seu sistema de batalha. O jogo não é necessariamente igual ao que observamos em Skyrim, mas entrega uma experiência muito próxima, e o melhor: totalmente online, sendo possível desfrutar de Tamriel com amigos por longas horas.

Suas missões não são tão repetitivas como em outros MMORPGs. Elas variam bastante e contam sempre com uma história bem amarrada, onde vale a pena parar um pouco para ler (assim como alguns livros achados nos jogos da série), justamente para se entender por qual motivo tudo está acontecendo. Particularmente, acho encantador o universo criado em The Elder Scrolls e me impressiono com a quantidade de histórias paralelas encontradas nas quests e livros. Infelizmente, o jogo não está traduzido para o português, mas isso não atrapalha a jogabilidade.

The Elder Scrolls Online
A atmosfera dentro do jogo. (Foto: Reprodução)

- publicidade -

As dinâmicas de uso de skills são bem adequadas ao gênero, embora precisem ser estudadas. Acreditem se quiser, mas faz muita diferença a escolha de uma boa build, onde é possível adequar as habilidades e características dos personagens ao estilo de jogo de cada um, focando em PvE ou PvP, por exemplo.

Portanto, se vocês esperam ter boas e longas horas de aventuras em Tamriel, com amigos ou solitário (como foi minha jornada), The Elder Scrolls Online: Summerset é a pedida certa, sendo um MMORPG com características específicas, mas que não foge exageradamente do estilo, sendo muito simples e divertido, mantendo aspectos dos títulos de um jogador da série e incorporando elementos essenciais de um RPG online de qualidade.

Nota ótimo

The Elder Scrolls Online: Summerset está disponível para novos e antigos jogadores. Comprara sozinha, para quem já possui o jogo base, ela é encontrada a partir de R$ 91,90 nas lojas virtuais Steam, PlayStation Store e Microsoft Store. Já as versões completas, que trazem os lançamentos anteriores e a expansão, custam a partir de R$ 143,50. No Metacritic, a versão avaliada ficou com média 85 pontos, agradando a crítica especializada e aos gamers, que são cada vez mais exigentes em um gênero muito explorado como o MMORPG.

*Review elaborado usando a versão de PC do jogo. Cópia fornecida pela desenvolvedora.

-publicidade-

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

541,133FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
22SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,443SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: THE ELDER SCROLLS ONLINE: SUMMERSET | Muito mais que uma expansão

Últimas Postagens