-publicidade-

-publicidade-

SEASONS AFTER FALL | Assuma o controle das estações!

Plataformer traz elementos de puzzle fantásticos e um trabalho audiovisual extremamente bem feito pela produtora

Jogos indies, em sua maioria, levantam o “desconfiômetro” de muitos gamers devido ao investimento não muito alto e o fato de, a maioria deles, terem sido inspirados em algum outro AAA que fez sucesso.

Quando fomos convidados à testar a versão console de Seasons After Fall, desenvolvido pela Swing Swing Submarine e publicado pela Focus Home Interactive, procurei me informar sobre o game, já que nunca tinha ouvido falar no título. As primeiras impressões me agradaram e o gameplay, mais ainda. Assuma o controle das estações agora, “little seed”, em mais uma review do Jornada Geek!,

Tenha o controle

Em Seasons After Fall você é uma “semente de luz”, que possui uma raposa, incumbida da missão de encontrar os guardiões das estações e, consequentemente, obter o poder para manipular o clima. A trama, apesar de simples, tem reviravoltas e lições emocionantes sobre respeito às leis da natureza, narradas com um excelente tom pelos dubladores do game.

Como o jogo é um 2D plataforma-puzzler, temos coisas para fazer. Basicamente, você é guiado pela voz até um guardião, o encontra e retorna até o santuário onde surgiu, partindo para o próximo ambiente. Claro que nada é tão simples como foi dito e é melhor guardar as surpresas da história na review, mas tudo que acontece torna o jogo bem divertido e, podemos dizer, humanizado.

Apesar de apresentar cut-scenes com gráficos cartoonizados, os gráficos ingame são magníficos. A ambientação é incrível e você se sente exatamente dentro de uma floresta. O jogo é colorido e bem bonito. As músicas só aparecem no momento de resolver algum puzzle, fora isso, somos imersos ao sons de uma floresta quase silenciosa. É notável que o trabalho audiovisual foi bem feito.

Seasons After Fall
Foto: Divulgação

Jogabilidade

Após possuir a raposa, você tem poucos botões à sua disposição. Além de andar, você pode pular, “latir” e controlar as estações. Usei a palavra latir entre aspas porque você não late, mas sim, emite um pulso para mudanças de estação ou ativar alguma planta e os elementos secundários do jogo.

Não há inimigos em Seasos After Fall. Sua raposa está praticamente sozinha na floresta, somente na companhia dos guardiões e pássaros, que cantarolam em alguns mapas, mas nunca dão as caras – tem até um troféu maroto para ouvir um canto inteiro de um deles!

Então, é um jogo que vai forçar um pouco o pensamento. Os puzzles não são difíceis, e em sua maioria, não serão resolvidos de primeira, mas exigem uma atenção. Por exemplo: com o poder do inverno, a água congela e você pode atravessar riachos. Mas, no verão, algumas plantas têm o poder de reter água, e o nível desses riachos diminui consideravelmente. São mecânicas bem elaboradas, principalmente quando se revisita um cenário, mas alterando as estações. Sempre há algo novo a ser feito e uma bela paisagem para ser apreciada.

O destaque negativo fica pela ausência de legendas em português. É um jogo onde não há muitos diálogos e que poderia ter sido melhor trabalhado nesse ponto.

Seasons After Fall
Foto: Divulgação

Veredito

Seasons After Fall é plataformer com elementos de puzzle fantásticos. Com um trabalho audiovisual extremamente bem feito pela produtora, os fãs do gênero vão encontrar um jogo incrível pela frente. O destaque negativo fica por conta da ausência de legendas em português.

O game está disponível para PS4, Xbox One e PC, com preços variando entre R$ 37,99 e R$ 61,50, de acordo com a versão escolhida.  A média no Metacritic é de 75, na versão de PC, única disponível até o momento.

Nota ótimo

*Review elaborado usando a versão de PS4 do jogo. Cópia fornecida pela desenvolvedora.

SEASONS AFTER FALL | Assuma o controle das estações!
Lucas Soares
Jornalista e fã de videogames desde criança. Já teve Mega Drive, Game Boy Color, PS1, PS2, PS3, PS Vita, Nintendo 3DS e agora tem PS4, PSVR e PC Gamer. Para ele, o melhor jogo da história é Chrono Trigger, mas Metal Gear Solid 3, Final Fantasy X, Red Dead Redemption 2 e The Last of Us completam o Top-5.
- publicidade -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jornada Geek + Lolja

Últimas Notícias