Em 2019 a venda de notebooks no Brasil teve um avanço de 2%, mesmo com seus preços aumentando uma média de 13% por conta do preço do dólar. O levantamento feito pelo IDC mostra que esse foi o terceiro ano seguido que esse mercado cresceu, algo que está diretamente ligado a grande variedade de modelos que estão sendo oferecidos para os brasileiros. Tem modelo para quem quer algo simples, tem modelos voltados para trabalho e até opções para quem quer jogar, que é o que vamos mostrar aqui hoje. 

Os notebooks gamers possuem configurações mais potentes que grande parte dos modelos oferecidos no mercado, além de terem placas gráficas de alta qualidade, designs únicos (mas nem sempre) e adaptações para aguentar até os jogadores mais hardcores. É claro que tudo isso tem um preço, e já adiantamos, não é barato! Se você colocar na ponta do lápis, um notebooks desta categoria possui um custo x benefício bem baixo, mas o consumidor acaba pagando mesmo assim pelo simples fato de você poder ter uma máquina potente e levá-la para onde quiser sem dificuldades. 

Se você está pensando em comprar um notebook gamer, hoje vamos mostrar três modelos que são bem aclamados no mercado. Escolhemos uma opção mais “básica”, outra com configurações intermediárias e uma última que possui um hardware extremamente potente.

Acer Nitro 5

O Acer Nitro 5 é uma das opções de notebooks gamers de “entrada”. Você terá uma configuração legal, desempenho bacana, conseguirá rodar vários jogos e não terá que desembolsar tanto dinheiro assim. Neste segmento de modelos mais “básicos” ele é um dos mais vendidos no mercado. A Acer oferece configurações diferentes para este notebook, então a que vamos focar hoje é a AN515-51-55YB, opção mais barata disponível no Brasil. Veja suas configurações:

Acer Nitro 5 –  AN515-51-50U2
Processador Intel Core i5-7300HQ 
Placa de vídeo GTX 1050 com 4 GB de memória dedicada
RAM 8 GB DDR4
Memória 1 TB em HD (5400 RPM)
Tela 15.6 polegadas com resolução Full HD

Para quem está acostumado a ver um design todo “diferente” em qualquer produto gamer, pode ficar um pouco decepcionado aqui, pois a Acer apostou em algo mais discreto para o Nitro 5. Com uma carcaça feita em plástico, o notebooks possui linhas que não são agressivas seu corpo não possui muitos detalhes. A tampa possui uma textura que tenta imitar o aço escovado, mas no geral ele é bem elegante para que não gosta de coisas extravagantes.

Notebook Acer nitro 5, um dos notebooks gamers da acer

Ao abri-lo encontramos um teclado com teclas no estilo “chiclete” e retroiluminadas na cor vermelha, característica dessa linha de notebooks. Seu teclado possui o padrão ABNT e também a parte numérica, o que é bom para quem irá usar o notebooks para tarefas que usam muitos números. Seu touchpad é um pouco maior que os presentes em notebooks convencionais, mas não possui nenhum detalhe ou diferencial. No geral o desempenho do teclado e touchpad é bom para qualquer tarefa cotidiana. Caso você vá jogar, recomendamos usar periféricos adicionais. 

Acert nitro 5 aberto
Divulgação

O seu conjunto de configurações faz com que esse notebook tenha um desempenho muito bom em tarefas cotidianas. Ele também consegue rodar algumas aplicações mais pesadas como editores de fotos e até de vídeos (se você tiver um pouco de paciência na renderização). Existe apenas um componente que faz muita falta aqui para todas essas tarefas: SSD. Esse modelo não possui um instalado de fábrica, então isso faz com que essas tarefas mais simples fiquem um pouco lentas nele, pois o HD acaba limitando toda sua força. Se você já usou um computador com SSD, sabe do que estamos falando, e se não usou tenha em mente que esse tipo de armazenamento pode ser até 10x mais rápido que um HD convencional. A notícia positiva é que dá pra fazer o upgrade, seja para um modelo M.2 (e continuar usando o HD) ou substituindo o armazenamento atual por um SSD.

Indo para os jogos, que é para o que ele foi feito, o consumidor conseguirá rodar uma boa diversidade de títulos, inclusive lançamentos atuais. A GTX1050, apesar de ser um modelo “antigo”, ainda dá conta do recado. Para ser mais direto quanto aos jogos, veja uma tabela com a média de FPS que alguns jogos atingem neste modelo:

Média de FPS em jogos rodados no Acer Nitro 5 – AN515-51-50U2 
Mad Max For Honor CS:GO Overwatch Fortnite Dead by Daylight
Gráficos no Alto/Ultra 60 FPS 63 FPS 80 FPS 55 FPS 45 FPS 50 FPS

Todos os jogos foram testados com o notebook ligado a tomada, pois assim ele consegue chegar ao seu desempenho máximo. Essa média de FPS pode sofrer variações dependendo das atualizações que os títulos receberem, configurações específicas que você fizer e diferentes momentos dos jogos. Todos os dados citados são em configurações muito altas, então se você diminuir um pouco, ainda terá uma boa qualidade em imagem e mais ganho no FPS. No geral este modelo se sai bem com os jogos, e deve atender grande parte da comunidade gamer.

Acer 5 nitro imagem promocional

Ele possui um sistema de refrigeração adaptado, mas caso você opte por rodar os jogos em gráficos muito altos, notará que ele esquenta bastante. A qualidade de sua tela também é bem interessante. Por ser IPS, possui cores bem vivas e uma boa taxa de contraste. O brilho também é bom, ficando na medida (não é fraco e nem muito alto). Por ser um modelo de entrada, sua tela possui 60 Hz de taxa de atualização. 

Quanto a bateria, você terá uma média de três a quatro horas em tarefas que não exigem muito do computador, isso com um brilho controlado. Não é recomendado que você jogue com ele fora da tomada, pois além de a bateria não durar nem duas horas direito, você sentirá uma grande diferença no desempenho.

A média de preço deste notebook é entre R$ 3400 e R$ 3500.

Samsung Odyssey 2

A Samsung entrou no mercado de notebooks gamers em 2017 com o lançamento da linha Odyssey. Em 2019 lançaram o modelo Z e no fim de 2019 o Odyssey 2, que é sobre o que falaremos aqui. Assim como a Acer, a marca sul-coreana também oferece diferentes tipos de configurações para seus aparelhos, então a opção que vamos abordar aqui é a NP850XBD-XG2BR. Veja suas configurações: 

Odyssey 2 – NP850XBD-XG2BR
Processador Intel Core I7 9750H
Placa de vídeo GTX 1650 com 4 GB DDR5
RAM 16 GB DDR4
Memória HD de 1 TB (5400 RPM) + 256 GB de SSD
Tela 15.6 polegadas com resolução Full HD

Como aqui encontramos um modelo de nível intermediário, além das configurações mais avançadas, também temos uma construção de melhor. Este aparelho é todo feito em metal, mas também não adota um visual extravagante como alguns concorrentes. Ele tem uma aparência elegante e é bem fino para sua categoria. Na sua tampa tem apenas um logo da série Odyssey. 

Samsung Odyssey
Divulgação

Ao abrir o notebook encontramos novamente o logo da marca, que é iluminado e serve como botão de liga/desliga. O teclado é retroiluminado, possui o padrão ABNT e também parte numérica. É possível ver as saídas de ar na parte de cima, o que colabora para o sistema de refrigeração deste modelo. Seu touchpad é grande, possui alguns detalhes diferentes, mas nada muito chamativo. Parece que a empresa aprendeu depois de ter lançado o Odyssey 1. Outro detalhe importante aqui é a dobradiça que liga a tela ao resto do corpo. A empresa optou por colocar apenas uma no centro da tela, dando a sensação que você está usando um monitor (mas para alguns, não passa muita segurança). 

br-feature-notebook-odyssey-np850xbd-xg1-190796459 (1440×810)

Ele possui um ótimo desempenho para tarefas gerais e até alguns programas mais pesados, e ao contrário do modelo da Acer citado anteriormente, não possui nenhum fator para limitar seu desempenho. Aqui já temos um SSD de fábrica, o que faz com que o notebooks entregue toda sua força e seja extremamente rápido em suas tarefas. A Samsung apostou em um armazenamento híbrido, então você tem 256 GB de SSD, podendo ser usado para o sistema, programas e jogos que você queira que carregue rapidamente, e mais 1 TB para você guardar seus arquivos pessoais. Outro fator importante é que neste modelo temos 16 Gb de memória RAM, o que dá certo conforto para abrir várias aplicações sem que falte fôlego do aparelho. 

Como este notebook teve seu lançamento no final do ano passado, ainda não existem muitos testes com ele em jogos para podermos falar com mais proximidade sobre sua taxa de FPS em alguns títulos. Para suprir isso, buscamos alguns testes com uma configuração, assim dá para ter uma noção do que este modelo da Samsung pode fazer. A configuração usada para os testes foi um I5 9400F, 16 GB (2×8) 3000Mhz, uma GTX 1650 com 4 GB DDR5 e um SSD de 240 GB. Veja a tabela que montamos com alguns valores: 

Média de FPS em jogos rodados no Odyssey 2 – NP850XBD-XG2BR
GTA V The Witcher 3 Fortnite PUBG Far Cry 5 Battlefield 5
Gráficos no Alto/Ultra 55 FPS 50 FPS 65 FPS 80 FPS 60 FPS 55 FPS

Provavelmente o notebook conseguirá um desempenho um pouco inferior do citado acima, mas é válido ressaltar que os testes foram realizados com todas as configurações no mais alto. Ajustando essas configurações para algo um pouco inferior, é possível rodar os jogos acima e vários outros com mais de 60 FPS sem problema algum. O SSD aqui também faz uma grande diferença na hora de carregar os jogos, seja no momento em que os abrimos ou até em mudança de mapas. 

br-feature-immerse-yourself-in-the-game-189381771 (1440×810)

A refrigeração aqui é feita por duas ventoinhas que ficam nas laterais do aparelho (assim não esquenta o teclado). Elas são chamadas de Jet Blade, e cada uma possui 83 pás de polímero de cristal líquido. No geral ele consegue manter bem a temperatura e você não sente quando essa sobe.

br-feature-stay-cool-and-play-hard-189381785 (1440×1139)

Outro ponto importante é que em um software da Samsung em que você pode fazer configurações de forma rápida e fácil. Também é possível ativar o Beast Mode, que melhora o desempenho nos jogos. Em testes realizados no modelo mais potente da série Odyssey 2, os ganhos com esse modo chegam a 20 de FPS por jogo. 

br-feature-odyssey-mode-189381761 (1440×969)

Um ponto negativo é que mesmo pagando um pouco caro neste modelo, ainda não temos uma tela realmente recomendada para jogos. O display IPS Full HD cumpre o seu trabalho bem, tem boas imagens e pode ser configurado em vários modos de jogos diferentes, mas ainda está longe do que poderia ter vindo pelo preço.

Por falar em preço, o preço médio deste notebook da Samsung é de R$ 5670.  

 Acer Predator Helios 300 

Novamente a Acer volta a aparecer neste texto. Para ser sincero, este notebook não estava em nossa opção inicial quando começamos a escrever, mas ficamos impressionados pela sua relação custo x benefício. Ele oferece configurações bem potentes e custa BEM mais barato que os notebooks concorrentes, por isso ele será o nosso representante de um modelo avançado de notebook gamer. O modelo citado aqui será o PH315-52-7210, que possui a RTX 2060. Você pode achar esta série com outras configurações. Veja as especificações do aparelho:

Acer Predator Helios 300PH315-52-7210
Processador Intel Core I7 9750H
Placa de vídeo RTX 2060 com 6 GB DDR5
RAM 16 GB DDR4
Memória HD de 2 TB (5400 RPM) + 256 GB de SSD NVme
Tela 15.6 polegadas com resolução Full HD e 144 Hz

 O Predator possui um design um pouco mais agressivo, mas sem extravagância. Ele é um notebook bem robusto, que mostra uma boa qualidade de construção e passa um sentimento de durabilidade. Ele possui partes feitas de metal em sua tampa, interior e laterais, sendo completado por algumas peças de um plástico bem duro. O logo da Predator em sua tampa é iluminado e pode até ser desligado, mas os detalhes azuis que ficam nas laterais da tampa, não são iluminados. Apesar de ser menor que alguns concorrentes, não é um notebook fino e pesa em torno de 2,3 quilos. 

qrHanGZ.jpg (1252×594)

O teclado é retroiluminado com LED’s RGB, dando a opção para o usuário controlar cores, modos e intensidade. As teclas retornam um feedback bem firme quando apertadas, mas se você vem de outros notebooks que possuem teclados muito macios, pode sentir um pouco de “rigidez” aqui. É válido ressaltar que o teclado possui o padrão ABNT 2 (sim você tem o Ç) e também possui a parte numérica. O touchpad não possui nenhum tipo de diferencial, seja estético ou em funcionalidades. Os cliques são rígidos e silenciosos e ele possui uma boa precisão. 

images (876×350)
Foto: UltrabookReview

Suas configurações são mais que suficientes para tarefas cotidianas, programas de edição (seja foto ou vídeo) ou até renderização. Ele possui o SSD como forma de armazenamento primário e é aqui que encontramos o “pulo do gato”. Anteriormente falamos que o SSD dá uma grande diferença em qualquer computador, chegando a ser 10X mais rápido que um HD convencional, mas neste notebook encontramos um SSD NVMe. Este tipo consegue ser até 3X mais rápido que um SSD comum, então aquilo que já era rápido, se torna mais rápido ainda aqui. A fabricante promete até 6 horas de bateria, mas no uso real sabemos que esse uso deve cair para umas quatro horas em tarefas comuns e brilho controlado. Já para jogos ela mal deve durar duas horas dependendo da configuração, e irá limitar um pouco a performance do aparelho. 

O desempenho deste notebook nos jogos é excelente como já esperado. A RTX tem uma ótima performance em qualquer tipo de jogo, isso quando somado aos 16 GB de RAM disponível dá ao usuário um conforto de conseguir ótimas configurações e um bom FPS mesmo nos títulos mais atuais. Veja os dados que coletamos do desempenho desde computador em alguns títulos: 

Média de FPS em jogos rodados no Acer Predator Helios 300PH315-52-7210
Assassin’s Creed Odyssey The Witcher 3 Fortnite COD WW2 Far Cry 5 Battlefield 5
Gráficos no Alto/Ultra 55 FPS 80 FPS 120 FPS 125 FPS 75 FPS 73 FPS

Esses dados estão sujeitos a variações dependendo do momento atual do jogo, atualizações recebidas e alguns parâmetros de configurações específicas, mas é possível ver que ele consegue rodar quase todos acima de FPS com gráficos no máximo. É possível fazer várias configurações rápidas no notebook como pequenos overclocks, monitoração de temperatura, controle das ventoinhas, controle do RGB e outras a partir do PredatorSense, software disponibilizado pela empresa.

control-img.png (1179×424)

Por falar em temperatura, a empresa deixa bem claro que por conta das altas configurações, o notebooks pode aquecer mesmo com as ventoinhas trabalhando a todo vapor, mas elas fazem um ótimo trabalho. Chamadas de AeroBlade 3D, elas possuem lâminas em metal com 0.1mm de espessura, o que aumenta o fluxo de ar dentro do aparelho. 

Outro ponto positivo na hora de jogar aqui é sua tela, que além de ser Full HD conta com 144 Hz de taxa de atualização e 3 ms de tempo de resposta. Esses parâmetros que são mais bem aproveitados por gamers, estão chegando em notebooks topo de linha e fazem a total diferença em uma jogatina. A maior taxa de atualização faz com que mais imagens sejam atualizadas por segundo em sua tela, então você ganha mais fluidez na hora de jogar. Veja um gif mostrando a diferença de imagem entre as taxas de atualizações: 

Você deve estar se perguntando quanto custa tudo isso. O Predator Helios 300PH315-52-7210 a partir de R$ 7900. 

Conclusão

Apesar de serem bem úteis, os notebooks gamers não são baratos principalmente quando comparamos seus preços com um computador comum. A notícia positiva para o consumidor é que este mercado está tão grande que é possível achar modelos para todos os tipos de necessidades, gostos e orçamentos. Mesmo os modelos mais “básicos” ainda têm um bom poder de processamento e conseguem se sair bem em muitos jogos. 

Se você não se sentiu atraído por nenhum dos três modelos citados, pode estar dando uma olhada nesta seleção com os melhores notebooks do mercado.

Não deixe de acompanhar todas as notícias diárias sobre filmes, séries e games do Jornada Geek.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here