-publicidade-

Naruto to Boruto: Shinobi Striker | Potencial perdido na execução

Game traz ideias interessantes, mas falhas podem matar a experiência do jogador

A amada franquia Naruto volta aos games com uma pegada inédita. Naruto to Boruto: Shinobi Striker, desenvolvido pela Bandai Namco, rompe com o estilo tradicional de luta com o single player dedicado ao cumprimento da história do manga/anime de seus últimos jogos.

No novo título, a ação é desempenhada por um avatar customizável criado pelo jogador no início do jogo, algo similar ao utilizado em Dragon Ball Xenoverse. Deve-se evoluir esse personagem, aprendendo novas técnicas, adquirindo equipamento e participando de missões.

Crie seu ninja e sua jornada

Ao criar seu ninja, o jogador é levado à Aldeia da Folha, um ambiente HUB onde é possível se locomover para encontrar personagens da série, que passam tarefas, missões de single e multiplayer, além do modo de competição online, a parte principal do jogo. Em todas as missões, o usuário tem a ajuda de um ou mais parceiros. Podendo ser personagens controlados pelo computador ou por outros jogadores.

As tarefas têm certa variedade, entre objetivos mais diretos, como simplesmente derrotar o time adversário ou mais elaboradas, como roubar bandeiras da base inimiga ou proteger/combater (dependendo do seu lado) um animal ninja gigante.

Naruto to Boruto: Shinobi Striker
Foto: Divulgação

- publicidade-

Seu personagem pode escolher entre quatro classes diferentes cada qual com suas armas e “jutsus” – as habilidades de combate – únicas. Ataque, que se especializa em golpes rápidos, mas com pouca resistência; defesa, que não possui muita velocidade mas tem a capacidade de realizar grandes ataques em área; distância, que contem um arsenal de técnicas para atrapalhar os inimigos de longe, mas pouca força no corpo-a-corpo; cura, que se dedica a paralisar os adversários e cuidar da saúde de seus companheiros de equipe. A composição de seu time é importante, ter um time balanceado com táticas defensivas e ofensivas pode ser a chave de um caminho mais fácil à vitória.

O avatar pode livremente trocar entre classes, um toque interessante, que permite conhecer todos os estilos de jogo e habilidades disponíveis. Novos poderes são desbloqueados por nível ou visitando personagens da franquia Naruto que tomam o personagem criado como discípulo, ensinando seus golpes assinatura enquanto cria-se um vínculo com os mesmos.

Naruto to Boruto: Shinobi Striker | Potencial perdido na execução
Foto: Divulgação

Problemas no mundo ninja

- publicidade -

Apesar da apresentação fantástica, com gráficos fluidos e um sistema de combate por equipes interessante, existem problemas em Shinobi Striker que não passam despercebidos.

Você precisa visitar locais distintos para mudar suas técnicas, estilo, equipamento e mestre. Coisas que seriam muito mais facilmente resolvidas em um menu mais efetivo. Um problema que está diretamente ligado a esse são os tempos brutais de carregamento que o título apresenta. Tanto para se locomover a cada um desses destinos, quanto para ver seu progresso após uma missão, a demora no loading do jogo é notável para um jogo dessa geração. Algumas vezes eu tinha uma técnica e armas novas para experimentar e simplesmente desistia, já que iria demorar pelo menos cinco minutos para ajeitar a configuração nova.

Naruto to Boruto: Shinobi Striker
Foto: Reprodução

Habilidades novas aprendidas com os mestres também só são ativadas quando se visita uma localidade específica, mesmo com o nível necessário já sendo obtido. Há a possibilidade de que isso ocorra para “preencher” o HUB central, que é bem pequeno. Mesmo que a proposta fosse diferente, até mesmo os jogos de Naruto do PlayStation 2 contavam com uma aldeia da folha maior para explorar. Escolhemos a aldeia de nosso personagem no começo do jogo, mas as mudanças são puramente estéticas. Não temos habilidades especiais e nem vemos outras localidades do mundo ninja. A mesma ideia de limitação se aplica aos mestres. Só temos 20 deles disponíveis. O universo Naruto é imenso. É uma pena que não podemos aproveitar de mais conteúdo. Apesar do foco maior do jogo ser o combate online, é necessário proporcionar conteúdo interessante para o jogador que prefere tentar o single player.

Existem questões no matchmaking das lutas online. Eu não participei de nenhuma que não contivesse jogadores muito mais poderosos que eu, mesmo quando estava em níveis baixos. Claro, pode ser vinculado ao número de usuários presentes no servidor no momento, mas mesmo seguindo por essa linha de raciocínio, um problema grande surge. Com a falta de conteúdo offline, o jogo acaba estando condenado a ruir quando sua cena online enfraquecer. O que impede que ele seja re-jogado no futuro.

Naruto to Boruto: Shinobi Striker | Potencial perdido na execução
Foto:Divulgação

Veredito

- publicidade -

Naruto to Boruto: Shinobi Striker tem ideias interessantes, mas falhas fatais que não passam despercebidas para um jogo lançado em 2018. Ainda assim, é possível se divertir bastante com o gameplay rápido e o sistema de customização. A fórmula precisa de refinamento, e, nesse caso, poderemos ter um jogo incrível nas mãos. Aguardo ansiosamente a sequencia. Mas, infelizmente, não posso recomendar este primeiro como um jogo marcante, até para os fãs da franquia.

Nota Razoável

Naruto to Boruto: Shinobi Striker está disponível para PlayStation 4Xbox One e PC, via Steam, com legendas em português brasileiro. No Metacritic, o título ficou com média de 62 pontos na versão avaliada.

*Review elaborado usando a versão de PS4 do jogo. Cópia fornecida pela desenvolvedora.

-publicidade-

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

543,215FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
20SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,476SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: Naruto to Boruto: Shinobi Striker | Potencial perdido na execução

Últimas Postagens

Noelle | Conheça o filme de natal do Disney+ com Anna Kendrick

Com o seu lançamento já tendo acontecido há algum tempo nos EUA, o filme Noelle chegou recentemente ao catálogo do Disney+ no Brasil. E...

The Mandalorian | Série revela o verdadeiro nome e história do Baby Yoda

Atualmente já tendo exibido mais da metade da sua 2ª temporada, a série The Mandalorian segue em alta na mídia por conta do lançamentos...

Vozes | Conheça o novo filme de terror da Netflix

Com o seu desenvolvimento já confirmado há algum tempo, o filme Vozes foi recentemente lançado pela Netflix. E assim, agora reunimos abaixo alguns dos...

Virgin River | Série da Netflix ganhará 3ª temporada? Confira o que sabemos

Com o seu desenvolvimento confirmado há alguns meses, a 2ª temporada da série Virgin River foi recentemente lançada pela Netflix. E claro, aos poucos...

The Mandalorian | Quem é Ahsoka Tano? A história da personagem que apareceu na série

Atualmente já disponível no Brasil como parte do catálogo do Disney+, a série The Mandalorian segue se destacando cada vez mais diante do público....