-publicidade-

MOSS | Quebra de paradigma

O título é recomendadíssimo para os donos do PSVR

Quando os primeiros dispositivos de realidade virtual chegaram ao mercado de games, o consenso da comunidade foi que ele seria inundado por jogos em primeira pessoa, afinal, não faria sentido você “estar” em outro tipo de jogo, se não fosse o personagem principal. Até Moss, exclusivo do PlayStation VR, chegar ao mercado.

A história da ratinha Quill é justamente aquilo que precisamos para essa quebra de paradigma, de que as produtoras podem sim produzir jogos em terceira pessoa para o acessório. Basta se planejar e executar bem, como a Polyarc Games fez. Aliás, é bom ressaltar: Moss, provavelmente, seria mais um “joguinho de plataforma” se não fosse exclusivo do PSVR, mas foi esse detalhe que o transformou em um título que entrou para a história.

Porque em terceira pessoa

Moss traz uma jogabilidade essencialmente em terceira pessoa, quando assumimos o controle de Quill. Mas o jogo também tem partes em primeira pessoa. Isso porque assumimos o papel de um leitor, que encontra um livro em uma biblioteca e é transportado para dentro desse universo.

Sendo esse leitor/observador, você utiliza o óculos e o seu corpo, com a leitura de movimentos feita pela PS Câmera, para se mover pelo seu ambiente de jogo, e também explorar o belo e detalhado mapa 3D de cada um dos cenários do game. Moss é um híbrido: mesmo com o controle normal de Quill, o “botão de câmera” foi substituído por você.

Moss
Foto: Divulgação

Nossa heroína e suas motivações

- publicidade-

Quill é uma ratinha simpática. A lutadora ainda está descobrindo seus talentos quando encontra uma pedra misteriosa em sua até então calma floresta, e isso chama atenção de seu tio, que parte em uma jornada desconhecida para solucionar um mistério. Ao sair, ele deixa instruções bastante específicas: não saia daqui até eu voltar! Não preciso nem te contar o que aconteceu em seguida, não é mesmo?

Quill sai em busca de respostas e de seu tio. A primeira delas é que o reino de Moss, em que vive, foi dominado no passado pela serpente de fogo Sarffog e corre perigo. A tal pedra despertou uma magia perigosa, que coloca em risco a existência de seus entes queridos. Como uma heroína em formação Quill não deixará isso sem solução.

Moss
Foto: Divulgação

Jogabilidade clássica, mas inovadora

- publicidade -

O subtítulo desse parágrafo parece não fazer sentido, mas antes de julgar, peço atenção pelas próximas linhas. Moss é um game clássico de plataformas: recheado de quebras-cabeças e inimigos ameaçadores, principalmente se levarmos em conta o tamanho da nossa heroína! Mas também trouxe você como câmera, o que mudou completamente a perspectiva.

É natural você se ver mexendo a cabeça em 180º para explorar as áreas cheias de colecionáveis, perigos e segredos de exploração. O charme fica ainda maior pois temos diversos itens prontos para serem encontrados pelos mapas, possibilitando até mesmo um fator replay, um pouco limitado, para encontrar os itens que deixou para trás.

Moss
Foto: Divulgação

Ainda cabe falar que o exclusivo do PSVR tem gráficos muito bonitos e o transformam em uma das mais belas experiências que o acessório já teve. Os personagens, em especial a protagonista, tem uma movimentação leve e muito bem construída, até mesmo reclamando se ficar parada por muito tempo. É engraçado porque ela interage com o personagem o jogo todo, te dizendo o que fazer e comemorando ao derrotar os inimigos. Um excelente argumento criado pela desenvolvedora.

Veredito

Diante de toda essa beleza e essa mudança de paradigma, Moss é um game recomendadíssimo para os donos do PlayStation VR. As únicas ressalvas são a ausência de legendas em português e a duração do jogo, que leva pouco mais de 6h caso o jogador queira platiná-lo, e cerca de 4h para terminar a história. Ao fim de tudo, ficamos com o gostinho de quero mais.

Nota ótimo

- publicidade -

Moss está disponível desde o dia 27 de fevereiro por R$ 91,90, na PlayStation Store, sendo exclusivo para PlayStation 4. O uso do PlayStation VR e da PS Câmera é obrigatório no gameplay. No Metacritic, o título teve média de 85 pontos.

*Cópia fornecida pela desenvolvedora.

-publicidade-

Notícias relacionadas

MOSS | Quebra de paradigma
Lucas Soares
Jornalista e fã de videogames desde criança. Já teve Mega Drive, Game Boy Color, PS1, PS2, PS3, PS Vita, Nintendo 3DS e agora tem PS4, PSVR e PC Gamer. Para ele, o melhor jogo da história é Chrono Trigger, mas Metal Gear Solid 3, Final Fantasy X, Red Dead Redemption 2 e The Last of Us completam o Top-5.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

545,305FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,491SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: MOSS | Quebra de paradigma

Últimas Postagens

Desalma | Tudo sobre a nova série brasileira do Globoplay

Meses após ter o seu desenvolvimento já confirmado, a série Desalma finalmente foi lançada pela plataforma de streaming Globoplay. E com isso, agora reunimos...

As séries renovadas e canceladas pela Netflix em 2020

Assim como as tradicionais emissoras de TV, a Netflix também aos poucos vai determinando as séries que ganharão novas temporadas, as que serão canceladas,...

The Alienist 3ª temporada vai acontecer? Confira o que sabemos

Após ter todos os seus episódios exibidos nos EUA pela TNT, a 2ª temporada da série The Alienist, que por sua vez leva o...

Ghostbusters – Mais Além e O Homem Nas Trevas 2 ganham novas datas de estreia

Assim como vem acontecendo com outros estúdios, aos poucos a Sony Pictures também vai reformulando o seu calendário de lançamentos para 2021. E assim,...

Liga da Justiça Snyder Cut terá o retorno de Jared Leto como Coringa

Com o seu desenvolvimento anunciado há algumas semanas, e sua estreia definida para 2021 no HBO Max, o filme Liga da Justiça Snyder Cut segue...

Novidades na Netflix | Confira a lista com os lançamentos de novembro

Sempre cercada por novos projetos originais, a Netflix revelou algumas das suas principais adições no catálogo e lançamentos para o mês de novembro. E...

Animaniacs | Assista ao primeiro trailer do reboot da série animada

Com a sua estreia anteriormente já confirmada para novembro, o reboot da série animada Animaniacs voltou a ganhar novidades. E após um teaser revelado durante a...

Raya e o Último Dragão | Assista ao primeiro trailer da animação

Com a sua estreia atualmente definida para acontecer em 2021, aos poucos a animação Raya e o Último Dragão (Raya and The Last Dragon...