Se você acompanha a NFL, sabe como o futebol americano tem uma estrutura de jogo perfeita para os videogames. Muitos jogadores com as mais diversas características, mudanças táticas e jogadas ensaiadas tornam as partidas um misto de esporte de campo com xadrez, sendo uma ótima pedida para fãs tanto de esportes quanto estratégia.

Sendo assim, fãs da liga não podem perder o esporte nos videogames. Madden NFL 19 veio depois de uma grande reestruturação no jogo anterior, polindo diversos aspectos recriados no ano passado e se colocando como um dos melhores jogos de esportes do ano.

Acertando as arestas

Madden NFL 19 vinha com uma grande missão esse ano, após a última edição. Uma série de mudanças trouxeram alterações fundamentais na edição 18, desde as mecânicas de controle e partidas até os modos jogo. Isso aconteceu devido a muitas novidades, como a troca da engine para Frostbite, a adição de um novo modo de história e uma série de melhorias em Franchise e MUT.

Todas essas melhorias estabeleceram uma barreira muito alta para Madden NFL 19 superar. Não seria nenhuma surpresa se a versão deste ano não acrescentasse nada em comparação a tudo isso. Mas se Madden NFL 18 foi a edição das mudanças, o 19 veio como a dos ajustes, com muitas melhorias que o fazem ter valor.

Madden NFL 19
Apresentação do jogo é incrivelmente bem feita (Foto: Divulgação)

O modo jornada de Madden

Começando pelo seu modo “história”, o Longshot. Estreando no ano passado, o Longshot contava a jornada de Devin Wade rumo ao estrelato. Agora, na segunda temporada, Colt Cruise rouba o show, protagonizando toda a carga dramática que a série tentou criar na primeira temporada, mas não conseguiu. A história não possui um grande roteiro e abusa de clichês, mas me manteve interessado o suficiente para continuar jogando.

Uma última coisa digna de nota em Longshot. A edição deste ano é muito mais roteirizada, tanto em termos de jogabilidade quanto de história, e, em vez de ter grandes caminhos de ramificação, você é classificado com base em sua capacidade de concluir desafios sem precisar repetir. Porém, se você jogou o Longshot em Madden NFL 18, suas escolhas feitas no jogo anterior são mais ou menos descartadas para padronizar o roteiro da nova temporada.

Madden NFL 19
Modo história segue sendo um dos destaques do game (Foto: Divulgação)

Uma nova jogabilidade

Depois do Longshot, a grande mudança deste ano em Madden NFL 19 é a adição do Real-Player Motion. É uma grande revisão de animação que faz o jogo parecer um pouco mais natural e realista do que nas entradas anteriores. Visualmente, é perceptível nos dois lados da bola, e você sentirá a diferença mais quando estiver jogando com a bola. A evolução, melhora, mas isso não quer dizer que seja perfeita: ainda pode-se sentir um certo estranhamento vez ou outra com como os jogadores correm ou fazem um tackle.

A curva de aprendizado é outra coisa que mudou. Pode ser por causa da nova engine, mas jogadores veteranos vão precisar se reacostumar com algumas coisas desde as recepções até as corridas para a endzone. Novatos vão aprender do zero, o que não é nenhum problema.

Madden NFL 19
Foto: Divulgação

Outros modos de jogo

Nos modos Franchise e Madden Ultimate Team (MUT), não houveram muitas mudanças. A maior e melhor adição para o MUT é o novo recurso de pontos de treinamento. Nos anos anteriores, você acumulava muitos cards inúteis e não tinha o que fazer com eles. Agora, alguns cards podem ser ativadas por meio de pontos de treinamento que você consegue concluindo desafios solo ou convertendo cards que você não precisa em pontos.

A partir desta edição, o modo Franchise conta com os arquétipos de jogadores, que te dão um controle mais preciso sobre como eles se desenvolvem e crescem no seu time. Os jogadores que se encaixam em certas “classes”, como um quarterback, irão progredir de uma forma que encaixe nessa posição. Você também pode mudar o curso natural e fazer seus jogadores progredirem e jogarem da maneira que você quiser.

Madden NFL 19
Foto: Divulgação

Um jogo difícil de dominar, como a maioria dos simuladores são

No geral, Madden NFL 19, mais uma vez, é um pacote incrivelmente completo e está entre os melhores simuladores esportivos disponíveis. Longshot não é grande coisa, mas cumpre o que promete. O MUT, modo Franchise e a jogabilidade como um todo receberam melhorias e mudanças que valem a pena. Para quem nunca jogou, tem muita coisa para aprender; e que já jogou, vai sentir as diferenças da mudança de engine e seus ajustes nessas duas últimas edições.

Como vem acontecendo em diversos games da Electronic Arts, muitos jogadores vieram reclamando de vários aspectos do jogo, como as infames microtransações no modo MUT e gráficos ruins. A EA ganhou uma má fama enorme nos últimos anos (especialmente após Star Wars Battlefront 2) que é justificada, mas não é o caso com Madden NFL 19. Se você é fã desse esporte cada vez mais popular aqui no Brasil, vai curtir muito esse jogo.

Nota ótimo

A versão padrão de Madden NFL 19 está disponível por R$ 239,00 para Xbox One e PC, via Origin, e R$ 239,90 para PlayStation 4. No Metacritic, o título ficou com a média de 80 pontos na versão avaliada.

*Review elaborado usando a versão de PS4 do jogo. Cópia fornecida pela desenvolvedora.