-publicidade-

LIFE IS STRANGE: BEFORE THE STORM | Despertar

O capítulo inaugural fez um bom papel introdutório, mas poderia ter sido melhor

Nota do editor: Como Life is Strange: Before the Storm será dividido em três episódios, o Jornada Geek vai publicar reviews individuais de cada capítulo. Não iremos atribuir notas individuais para cada capítulo, deixando para o texto do último episódio uma avaliação completa do jogo. Por se tratar de um jogo episódico, essa review contém spoilers que podem estragar a experiência do jogador. Leia por conta e risco!

LIFE IS STRANGE: BEFORE THE STORM | Despertar

A espera acabou! Finalmente pudemos colocar as mãos em Life is Strange: Before the Storm, o prólogo do premiadíssimo Life is Strange, lançado em 2015. O hype, ao menos pra mim, foi gigantesco. Considero o primeiro jogo uma obra prima, e afirmo categoricamente que foi uma das melhores experiências que tive com um jogo eletrônico.

Mas sabia que tudo seria diferente agora. A saga de Max Caulfield havia terminado e, exceto que os roteiristas cagassem com a narrativa, não havia porque ter uma continuação imediata. Felizmente, a solução encontrada foi a mais sábia com a criação de um jogo anterior à história principal.

E como será que essa experiência está se saindo? A review do primeiro capítulo de Life is Strange: Before the Storm, “Despertar”, você confere agora, no Jornada Geek!

No controle, Chloe Price!

- publicidade-

A primeira grande mudança em Before the Storm é o controle de Chloe Price, a melhor amiga de Max, ao invés da protagonista do primeiro jogo. Isso, na prática, significa duas coisas: sem poderes para voltar ao tempo e a incrível capacidade de ter, em 90% das vezes, péssimas respostas para as situações em que nos encontramos. O dom de se meter em problemas é bem antigo, pelo visto.

Vejam bem: como sabemos, Chloe tem uma péssima relação com David, o namorado de sua mãe Joyce. A adolescente não aceita que sua mãe coloque um homem dentro de casa, mesmo após terem se passado alguns anos da morte do marido William. David, já sabemos do primeiro jogo, é um homem que, embora tenha seus problemas de autoritarismo e imposição, preza pela sua família. É interessante ver como os roteiristas criaram esse gancho na personalidade dele, já que a história é narrada três anos antes dos eventos do título anterior.

Life is Strange: Before the Storm
Chloe tem o dom de se meter em confusão. (Foto: Divulgação)

- publicidade -

Bom, voltando à Chloe… A Deck Nine, que assumiu a produção no lugar da Dontnod Entertainment, inseriu uma mecânica legal aqui. É algo como a “lábia” da protagonista. Use argumentos bons, e vença uma discussão. Fale alguma besteira, e a situação é encerrada rapidamente. Normalmente, não temos chances para errar e, como já é padrão em jogos assim, temos tempo para decidir. Uma inclusão interessante, que nos faz prestar ainda mais detalhes nos diálogos.

Amizade ou…

No novo jogo, a relação mais explorada entre os personagens é a de Chloe e Rachel Amber, citada no primeiro título como uma fiel companheira da nossa nova protagonista. As duas se conhecem após Rachel intervir e adivinhem só salvar Chloe de uma confusão em uma festa. Os acontecimentos após o ato de heroísmo não são mostrados, mas o que temos ao voltar ao controle da personagem são muitas dúvidas. O que aconteceu por lá? Por que Chloe fica, a princípio, tão desconfortável com a companhia de Rachel?

A narrativa é interessante. As trocas de câmera, as expressões faciais e até os movimentos das personagens nos fazem crer pode haver, inclusive, um interesse romântico entre elas. Não seria surpresa alguma, já que em determinado momento do primeiro Life is Strange, Chloe desafia Max à beijá-la. E, se você for curioso o suficiente para ler o diário da personagem aqui (vale a pena, o game  fica ainda melhor com os detalhes que estão lá), vai descobrir que Chloe já ficou algumas vezes com um rapaz, e, em outra oportunidade, se tocou pensando em uma mulher.

Life is Strange: Before the Storm
A relação entre Chloe e Rachel é o tema central do jogo. (Foto: Divulgação)

Esse gancho é bastante explorado pela produção. O tempo inteiro você fica esperando uma atitude de Rachel, afinal, ela é a garota mais fodona de Blackwell Academy. Só notas 10, pai promotor, bonita, charmosa, cheirosa (há comentários sobre isso!) e… atriz! Será que ela está encenando algo ou é tudo genuíno? E aí vem o ápice do episódio: aquilo que mudou a relação entre as duas e que você vai descobrir o que é no fim do capítulo. Meus amigos, a vida é realmente estranha…

Tecnicamente superior

Before the Storm mantém o mesmo padrão gráfico do primeiro título, mas com leves melhoras. O jogo é mais fluído, a movimentação das personagens é mais natural, as telas de loading são curtas e as animações são mais vivas. O fogo, por exemplo, tem um destaque relevante nesse episódio e podemos ver que houve muita atenção para esses detalhes.

- publicidade -

Algo que segue merecendo palmas para a produção é a trilha sonora. Simplesmente um trabalho perfeito e bem explorado em todos os momentos do episódio. A dublagem é muito bem feita, com diferenciação clara no tom da fala de Chloe de quando ela está “pensando alto” ou falando. Até mesmo o som ambiente foi feito com muito cuidado.

Outro detalhe que merece nosso elogio é que Life is Strange: Before the Storm já foi lançado totalmente legendado em português! É bom lembrar que o primeiro jogo ganhou as legendas daqui um ano depois de ter saído.

Life is Strange: Before the Storm
Os detalhes de Before the Storm são mais bonitos que o seu antecessor. (Foto: Divulgação)

Mas…

Apesar de todos os pontos positivos, é de ressaltar que o episódio começou um pouco devagar, demorando a engatar. Isso talvez diminua um pouco a expectativa. Levo em consideração que trata-se de um jogo menor, afinal, serão somente três episódios desta vez.

Também achei que o capítulo duraria mais, sinceramente. Sem pressa, correndo atrás de colecionáveis para adiantar pra platina, anotando pontos relevantes para a review, fiz em pouco menos de três horas. Se os demais tiverem uma duração semelhante, alguns jogadores podem se decepcionar.

Por outro lado, não é um jogo caro em nenhuma das plataformas em que foi disponibilizado. Seu preço, na versão padrão, é R$ 44,99 na Steam, R$ 52,50 na PSN e R$ 59,00 na Xbox Store. A versão Deluxe, que trará o capítulo extra com Max, é um pouco mais cara.

Life is Strange: Before the Storm
A relação entre Chloe e David é um dos pontos da história. (Foto: Divulgação)

Que venha o Novo Mundo!

Nossas expectativas agora ficam por conta do lançamento do segundo episódio, ainda sem data confirmada pela Square Enix. Com um começo morno e um final emblemático, o capítulo inaugural fez um bom papel introdutório, mas poderia ter sido melhor. Com vários núcleos envolvendo Chloe, quais serão os destaque a narrativa vai tomar?

A continuidade dessa história, e todas as novidades envolvendo Life is Strange: Before the Storm, você confere aqui no Jornada Geek! Não deixe de acompanhar todas as nossas atualizações diárias no facebooktwitter e instagram.

*Review elaborado usando a versão de PS4 do jogo. Cópia fornecida pela desenvolvedora.

-publicidade-

Notícias relacionadas

LIFE IS STRANGE: BEFORE THE STORM | Despertar
Lucas Soares
Jornalista e fã de videogames desde criança. Já teve Mega Drive, Game Boy Color, PS1, PS2, PS3, PS Vita, Nintendo 3DS e agora tem PS4, PSVR e PC Gamer. Para ele, o melhor jogo da história é Chrono Trigger, mas Metal Gear Solid 3, Final Fantasy X, Red Dead Redemption 2 e The Last of Us completam o Top-5.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

543,402FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
20SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,480SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: LIFE IS STRANGE: BEFORE THE STORM | Despertar

Últimas Postagens

O Poderoso Chefinho 2 | Assista ao trailer da animação

Com o seu desenvolvimento já anunciado há algum tempo, agora a animação O Poderoso Chefinho 2 voltou a ganhar novidades. E como esperado, a...

Equinox | Netflix divulga trailer e data de estreia da sua nova série dinamarquesa

Com o seu desenvolvimento já confirmado há alguns meses, agora a série Equinox, nova produção dinamarquesa da Netflix baseado no podcast conhecido como Equinox...

355 | Lançamento do filme é adiado para janeiro de 2022

Com o seu desenvolvimento já anunciado há alguns meses o filme 355, que contará com Jessica Chastain como produtora e protagonista, voltou a surgir recentemente na...

Nasce Uma Estrela será exibido na Tela Quente (Relembre o seu sucesso)

Lançado originalmente em 2018, a versão mais recente do clássico Nasce Uma Estrela voltou a ser destaque recentemente na mídia por conta da sua...

Era Uma Vez um Sonho | Conheça o filme da Netflix estrelado por Amy Adams

Com o seu desenvolvimento anunciado há alguns meses, o filme Era Uma Vez Um Sonho foi recentemente lançado pela Netflix. E assim, agora reunimos...