GRIP: Combat Racing | Batalhe e corra pelo primeiro lugar

Velocidade e ação se misturam nesse game frenético

publicidade:

Desde muito novo, sempre fui fã de jogos de corrida com uma pegada no estilo Mario Kart ou Rollcage, onde se misturavam aspectos dos tradicionais jogos de corrida em arcade e armas. Os anos foram se passando e novos títulos iam surgindo com novidades e gráficos muito mais elaborados. E é justamente nesse cenário positivo que a Caged Element criou GRIP: Combat Racing para PC, Xbox One, PlayStation 4 e Nintendo Switch.

Se você é um amante da velocidade (e põe velocidade nisso!) e de muita ação, fique de olho em mais uma crítica do Jornada Geek!

Um estilo que dá certo

Em GRIP: Combat Racing, existem vários tipos de corrida que vão desde o básico, onde não é possível utilizar armas aos mais hardcore, onde os tiros e outros artifícios trazem ainda mais emoção à disputa. Ao ser comparado com títulos congêneres, GRIP não traz nada de muito novo, é verdade. Mas a forma com a qual o jogo é executado, sem muitos rodeios e com um bom tutorial ensinando passo a passo, já falam por si. É um daqueles títulos pra sentar e jogar, sem mistérios.

O seu modo multiplayer é um diferencial: pode ser jogado tanto online, contra outros 9 jogadores ou offline, em split-screen. No modo online, conta com suporte completo de lobby e matchmaking, construção de torneios customizáveis e tabela de classificação para os modos Carkour e Race.

GRIP
De que lado o carro está? (Foto: Divulgação)

Além de vários modos de jogo, o título tem como aspecto positivo a variedade: conta com 22 pistas, com diversas temáticas; 15 carros blindados totalmente customizáveis; e um robusto arsenal de 9 armas e power-ups que dão a tônica nos combates.

Não há limite de velocidade

Em um jogo tão insano como GRIP: Combat Racing, a velocidade deve ser explorada de todas as formas possíveis para se chegar ao primeiro lugar. Em paralelo, dependendo do modo de jogo escolhido, deve-se levar em consideração também o ataque e a defesa aos rivais. Digo isso pois o primeiro lugar NUNCA é garantido. Aliás, a liderança só coloca o seu detentor sob a mira de todos os outros. E é aí que o negócio aperta. Ou seja, espere por muita emoção até o último centímetro antes da linha de chegada, pois até ele a disputa ainda não estará definida.

GRIP
O jogo conta com muitas explosões. Resista até o final! (Foto: Divulgação)

Gráficos e jogabilidade

Gráficos e jogabilidade, sobretudo no mercado gamer atual, devem ser sempre levados em consideração, e aqui não será diferente. O visual meio futurista de GRIP: Combat Racing lembra muito alguns títulos similares como Rollcage e POD. Obviamente, seus gráficos são muito mais elaborados. No geral, o jogo é bem bonito e agradável aos olhos, sendo muito bem polido e detalhado. E o melhor de tudo é que não é tão pesado.

Já sua jogabilidade é muito simples e o próprio tutorial dado no início já simplifica ainda mais. Fisicamente falando, o jogo extrapola. E isso é muito bom. Vai ser muito comum você ver seu carro correndo de cabeça pra baixo ao fazer um loop ou em qualquer outro momento aleatório. Sobre seus comandos, que contam com uma resposta muito boa, GRIP pode ser jogado tanto no controle quanto no teclado e não há nada de muito inovador: aceleração, freios, dois botões para os slots de armas e turbo. E precisa de mais alguma coisa?

Os gráficos são muito bonitos. (Foto: Divulgação)

Veredito

GRIP: Combat Racing, pelo menos pra mim, tem um tom muito nostálgico e que pega o melhor dos títulos similares lançados ao longo dos anos. Muita velocidade, ação e disputas acirradas até o final dão o tom de um jogo simples, mas muito divertido que rende boas horas de entretenimento tanto sozinho ou contra outros jogadores, que é um grande diferencial. Com gráficos bonitos, jogabilidade apurada e sua variedade de itens, carros e mapas, o jogo cumpre o que promete e até surpreende. Se você é fã do estilo, esse é um título que não deve ficar de fora da sua biblioteca.

Nota ótimo

Lançado para PC, via Steam, PlayStation 4, Nintendo Switch e Xbox One, GRIP: Combat Racing ficou com a média de 78 pontos no Metacritic. Na Steam, por exemplo, os jogadores avaliaram o jogo com críticas “muito positivas”, tendo assim uma excelente resposta da comunidade em sua versão para PC.

*Review elaborado usando a versão de PC do jogo. Cópia fornecida pela desenvolvedora.

Comentários:
publicidade: