-publicidade-

Análise | Acer Predator Galea 500

Preço é alto demais para a qualidade de som oferecida

A Acer é uma marca bastante conhecida no mundo da informática. Porém, na área de periféricos, é ainda novata. Seus produtos mais conhecidos são seus notebooks, que são facilmente encontrados em diversas lojas no país. Mas, ao que parece, a linha de periféricos da marca irá se expandir. Nesta crítica, analisaremos os detalhes do Acer Predator Galea 500.

Será que o modelo, considerado topo de linha da Acer é, de fato, toda essa maravilha? Afinal de contas, o preço médio do headset aproxima-se dos R$1000,00. Confira abaixo mais detalhes em mais uma crítica do Jornada Geek!

Materiais e conforto

Bem, a primeira coisa que é possível perceber no Predator Galea 500 é, sem sombra de dúvidas a quantidade diferente de materiais com o qual ele é feito. Mais ainda, é possível perceber o quão bem feito são os seus acabamentos, fazendo jus ao preço neste quesito.

De courino, grades de ferro e plástico de altíssima qualidade, é possível perceber na sua composição uma atenção especial. E isso reflete justamente em outro quesito, o conforto. Em sua tira (ou headband, aquela parte que comporta a cabeça), há uma boa quantidade de material espumado, que se adéqua muito bem a cabeça do usuário (ao contrário do Razer Electra V2 analisado anteriormente).

Acer Predator Galea 500
O fone é bem bonito e conta com luzes nas suas laterais. (Foto: Divulgação)

Já nos ouvidos, o fone conta com almofadas um tanto quanto exageradas, mas que garantem o conforto e o controle da pressão, evitando dores por usos prolongados. Nesse caso, minhas orelhas couberam perfeitamente no vão, isolando muito bem os ruídos externos. Posso dizer, com toda sinceridade, que usar o Predator Galea 500 é extremamente confortável, quase um abraço de mãe.

O seu cabo conta com nylon trançado, e é muito robusto. E isso é até um pouco problemático. Ao longo das jogatinas, ele ficava me cutucando e isso foi chato. Ao longo do fio, há uma controladora em que você pode ativar os modos de som, ativar ou desativar o mudo do microfone, um outro pra acertar o giroscópio do fone e regular o volume o que, por si só, já dá um peso a mais na coisa. Pior ainda, depois da controladora, o cabo tem cerca de 1,45 m. Na ponta, o headset conta com uma conexão USB. Na parte da instalação, tive um bocado de dor de cabeça. Um dos estresses que o fone me causou…

Qualidade sonora

- publicidade-

Bem, aqui encontra-se outra das minhas dores de cabeça com o fone. Além dele insistir em não ser reconhecido em algumas portas USB de três computadores que tentei utilizar, ele ainda estourava e chiava. Pois é, assim ficou um pouco mais difícil de se fazer essa análise. Mas considerei aspectos que achei importantes. Vamos lá.

Não há como criticar o 3D Soundscape, sistema do fone onde ele reage de acordo com o girar de sua cabeça (por isso do botão giroscópio na controladora). Ao se mover, o som o acompanhará, mudando de direção. Em minha experiência com fones, isso é uma novidade. Mas o mercado já tem isso nas tecnologias de Realidade Virtual (VR). Vale ressaltar essa característica positiva. Porém, ainda existem falhas que devem ser corrigidas. Em alguns jogos ou vídeos, parece que a tecnologia atrapalhou mais do que ajudou.

Acer Predator Galea 500.
Mais detalhes do Acer Predator Galea 500. (Foto: Divulgação)

A qualidade de som não é ruim, de forma alguma (mesmo com os erros eu consegui perceber). O 7.1 é satisfatório, mas não há opção de, por exemplo, mudar para Stereo. Para efeito de comparação, a qualidade de áudio é muito próxima a do já citado Razer Electra V2, que custa em média R$600,00 a menos. Ou seja, algo está errado aí.

Microfone

- publicidade -

O microfone do Galea 500 é escondido por dentro do fone, o que é bem bacana, é verdade. Mas é só isso. A qualidade dele é bizarra. Parece até que estamos embaixo d’água. Fiz uma série de testes me ouvindo, realizei modificações no mixer, e nada. O negócio não é bom mesmo. O som distorce, é meio baixo e, se for aumentado, aí que fica triste de ouvir mesmo. Sinceramente, decepcionante para um fone desse valor.

Veredito

Pois bem, depois de citar tantos problemas, fica difícil dar uma nota bacana para o Galea 500. Não sou nenhum especialista no assunto, mas francamente, como eu esperava mais! A caixa que carrega o material é simplesmente maravilhosa e imensa. Fiquei encantado logo quando a vi e criei uma imensa expectativa. E quebrei a cara.

O fone conta com excelente acabamento e materiais muito bons. É confortável e ainda posso somar aos pontos positivos (mesmo com ressalvas) o modo 3D Soundscape. Mas paro por aqui. Para um fone desse valor, eu esperaria sussurros de anjos em meus ouvidos. Porém, o que ouvi foram chiados e, em momentos de som limpo, nada muito diferente do que já tivesse ouvido antes.

Como entusiasta de jogos e de tecnologia, sugiro que a Acer ouça os críticos e refaça o fone. Pois o que foi testado por nós não convenceu ainda, mesmo com esses pontos positivos citados.

Nota Razoável

*O periférico foi gentilmente cedida pela fabricante para a realização desta análise.

-publicidade-

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

545,305FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,478SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: Análise | Acer Predator Galea 500

Últimas Postagens

Stay Close | Série baseada no livro de Harlan Coben é encomendada pela Netflix

Trabalhando constantemente no desenvolvimento de novos projetos originais, aos poucos a Netflix vai realizando alguns anúncios. E entre eles, o mais recente trata-se de...

Things I Know to be True | Nicole Kidman irá estrelar nova série da Amazon

Trabalhando cada vez mais no desenvolvimento de projetos originais, aos poucos o Amazon Prime Video vai realizando alguns anúncios. E entre eles, o mais...

O Clube das Babás | Série é renovada para a 2ª temporada pela Netflix

Alguns meses após ter sido lançada pela Netflix, agora a série O Clube das Babás voltou a ganhar novidades. E como já vinha sendo...

Tom Swift | Spin-Off de Nancy Drew está em desenvolvimento na CW

Com a 2ª temporada de Nancy Drew já confirmada, agora seu spin-off, Tom Swift, começa a ser destaque na mídia. E assim, as novidades envolvem o...

Tiny Toon Adventures | HBO Max encomenda reboot da animação

Sendo exibida entre 1990 e 1992, a série animada Tiny Toon Adventures volta a ser destaque na mídia. E assim, agora as novidades envolvem...

Star Wars: Squadrons | Review – Vale a pena jogar?

Classificação: Tendo sido iniciada durante a década de 70 nos cinemas, a franquia Star Wars desde o seu início conseguiu conquistar fãs ao redor de...

12 jogos que estão chegando ao Game Pass nos próximos dias

Antes mesmo do lançamento dos novos consoles, os Xbox Series X e Series S, o serviço de assinatura intitulado Game Pass vai aos poucos...

Freaky: No Corpo de um Assassino ganha novo trailer com trechos inéditos

Com o seu desenvolvimento confirmado há algum tempo, agora o filme Freaky: No Corpo de Um Assassino, estrelado por Katheryn Newton (Detetive Pikachu, The Society) e Vince Vaughn (Os Estagiários),...