The Last of Us Remasterizado
Divulgação

Com o seu desenvolvimento confirmado há algumas semanas pela HBO, a série baseada na franquia de games The Last of Us aos poucos segue ganhando novidades. E com isso, a mais recente delas volta a ser justamente sobre o desenvolvimento da sua trama.

Em uma recente entrevista para o podcast Must Watch, da BBC, o produtor e showrunner da série,  Craig Mazin, voltou a falar sobre o seu processo de desenvolvimento. E como vem destacando, o mesmo citou que o seriado não irá desfazer de questões dos games, mas irá ter mudanças para preencher e expandir o seu universo:

“Acho que os fãs de algo se preocupam com o fato de que, quando a propriedade é licenciada para uma outra pessoa, essa pessoa realmente não a entende ou vai mudar isso. Nesse caso, eu estou fazendo com o cara que criou isso, e assim as mudanças que estamos fazendo são desenvolvidas para preencher e expandir as coisas, não para desfazer, mas para melhorar (o que já existe)”.

“Estamos criando novamente (a jornada dos personagens) e também reimaginando o que já existe para apresentar um formato diferente. É como um sonho se tornando realidade para mim”, afirmou Mazin.

Homossexualidade de Ellie e representação também estão garantidas na série The Last of Us

Vale destacar que de Mazin também vem conversando com os fãs constantemente nas redes sociais sobre o desenvolvimento da série da HBO. E entre os assuntos, o mesmo garantiu que não irá alterar as opções sexuais dos personagens. Ou seja, Ellie continuará gay na série de TV.

Confira a postagem abaixo:

Confira também: 

The Last of Us | 7 atores perfeitos para o papel de Joel na série da HBO

The Last of Us Parte II | Agilidade e violência ditam o tom do novo jogo

Sobre The Last of Us

Originalmente lançado em 2013, Sony e The Last of Us, da Naughty Dog, receberam elogios da crítica por sua fascinante história do pós-apocalipse, centrada no relacionamento entre Joel, um contrabandista neste novo mundo, e Ellie, uma adolescente que pode ser a chave para uma cura para a pandemia mortal.

O jogo ganhou inúmeros prêmios de “jogo do ano” e vendeu mais de 17 milhões de cópias em seu lançamento original no PlayStation 3 e uma versão remasterizada no PlayStation 4.

A série será desenvolvida por Craig Mazin, criador da minissérie Chernobyl, ao lado de Neil Druckmann, diretor criativo e roteirista dos jogos. 

Carolyn Strauss também assumirá um cargo na produção executiva do projeto ao lado de Evan Wells, presidente da Naughty Dog, estúdio responsável pelo desenvolvimento do game. A série ainda contará com uma co-produção da Sony Pictures Television, além de ser a primeira série de televisão desenvolvida pela Playstation Productions.

A trama de The Last of Us

Na trama, Joel, um sobrevivente endurecido, é contratado para contrabandear a menina de 14 anos de idade de uma zona opressiva de quarentena. O que começa como um pequeno trabalho logo se torna uma jornada brutal e comovente, pois ambos precisam atravessar os EUA e depender um do outro para sobreviver. A série HBO cobrirá os eventos do jogo original, que foi escrito por Druckmann, com a possibilidade de conteúdo adicional baseado na próxima sequência do jogo, The Last of Us Part II, que será lançado em 19 de junho de 2020.

A série The Last of Us ainda não tem data de estreia definida. 

Não deixe de acompanhar todas as notícias diárias sobre filmes, séries e games do Jornada GeekAproveite também para curtir a nossa página no facebook, além de nos seguir no twitter e instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here