imagem de Ryan Murphy, criador de American Horror Story e Pose
Divulgação

Há anos trabalhando no desenvolvimento de várias séries para a Fox, o diretor e produtor Ryan Murphy (American Horror Story, Glee) está com suas malas prontas para trabalhar com a Netflix em novos projetos.

Em um anúncio feito hoje (via Coming Soon), a gigante de streaming anunciou um contrato de exclusividade com Murphy no valor de US$ 300 milhões. O mesmo começará a valer a partir de julho de 2018.

 Ratched and The Politician, nova série do cineasta, será lançada globalmente pela Netflix. Enquanto isso, ele continuará também supervisionando os trabalhos já em andamento na Fox. São eles: Feud, American Crime StoryAmerican Horror StoryFeud9-1-1 e a ainda inédita Pose.

Com isso, a longa parceria entre Murphy e a 20th Century Fox TV chega ao fim. Ao longo dos anos, além das séries citadas acima, ele também foi o responsável pelo desenvolvimento de Nip/Tuck, Glee e Scream Queens.

Confira abaixo os comentários do anúncio oficial:

“As séries de Ryan Murphy influenciaram o estilo de vida cultural global, reinventaram os gêneros e mudaram o curso da história da televisão. Sua dedicação implacável à excelência e dar voz aos sub-representados, mostrar uma perspectiva única ou simplesmente chocar o inferno fora de nós, impregna seu trabalho de quebra de gênero”, disse Ted Sarandos, Diretor de Conteúdo da Netflix. Em seguida, ele continuou:  “De Nip / Tuck – nossa primeira série licenciada – até American Crime Story: O Povo Contra O.J. Simpson e American Horror Story, vimos como sua marca de narrativa cativa consumidores e críticos em todo o mundo. O seu célebre trabalho e suas contribuições para a nossa indústria falam por si mesmos, e estamos ansiosos para apoiar Ryan em trazer suas histórias amplas e diversas para o mundo”.

“A história desse momento não está perdida em mim. Eu sou um garoto gay de Indiana que se mudou para Hollywood em 1989 com US $ 55 dólares no meu bolso, então o fato de que meus sonhos cristalizaram e se tornaram realidade de uma maneira tão importante é emocional e esmagadora para mim. Estou ansioso pela apreciação genuína de Ted Sarandos, Reed Hastings e Cindy Holland na Netflix por acreditar em mim e no futuro da minha empresa, que continuará a defender mulheres, minorias e heróis e heroínas LGBTQ, e estou honrado e grato por continuar minha parceria com meus amigos e colegas da Fox em nossos shows existentes”, comentou Ryan Murphy.

Não deixe de acompanhar todas as novidades e atualizações diárias do Jornada Geek diariamente no facebooktwitter e instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here