HomeCoberturasMauricio de Sousa Produções e Lembranças da Terra-Média | CCXP

Mauricio de Sousa Produções e Lembranças da Terra-Média | CCXP

Além da pré-estreia e o painel de Operação Big Hero, o sábado (06 de dezembro) contou com atrações diversificadas no auditório Thunder da Comic Con Experience. É claro, os textos não foram postados em ordem, mas entre os que assistimos estão os da Pixar e Game of Thrones. Mauricio de Sousa Produções  e Lembranças da Terra média foram outros dois que vocês poderão ler agora. O primeiro deles vou procurar resumir, já que diz muito respeito ao processo criativo da empresa e alguns anúncios, enquanto o segundo levará um pouco mais de tempo.

No caso da Mauricio de Sousa Produções, o painel contou com a presença do próprio criador da Turma da Mônica. Como grande admirador do mesmo foi interessante de assistir não por anúncios, mas por curiosidades e fatos que cercam os seus projetos. Maurício de Sousa falou muito sobre a sua criação, citando fatos antigos e apresentando melhor para o público a importância da Turma da Mônica (será que é possível?). Na verdade, ele citou números que comprovam o sucesso de sua criação em cima até mesmo de títulos da DC Comics ou Marvel em relação a unidades vendidas. Além disso, o mesmo falou sobre a nova instalação da empresa que poderá ser visitada pelos fãs da sua criação e também dos novos títulos. Entre eles, isso incluí também a chegada da Turma da Mônica adulta.

Um ressalvo interessante do painel foi o momento em que o público foi questionado sobre quem começou a ler acompanhando as histórias da Mônica, com uma resposta esperada, mas ainda assim surpreendente. Todos levantaram as mãos no auditório, enquanto era gratificante ver o brilho nos olhos do criador de personagens inspirados em sua própria família. Além disso, o painel também foi interrompido no meio, para que o público pudesse se sentar para acompanhar esse momento do homenageado da primeira CCXP.

Sean_Astin_2b

Lembranças da Terra Média

Passando para o painel sobre O Senhor dos Anéis, o público recebeu de pé Sean Astin e Brad Dourif para uma conversa de situações envolvendo o título. Para começar, Astin comentou sobre sua estadia e o que estava achando da cidade de São Paulo e dos brasileiros. Falou sobre o carinho que recebeu, comidas e sobre andar de helicóptero pela cidade. Assim, o mesmo ainda comparou a grandiosidade da capital paulista com Los Angeles. Seguindo para o caminho da saga de Tolkien, Brad Dourif começou falando sobre a adaptação e deu sua opinião sobre o caminho escolhido, ressaltando para o final o que achou das mudanças aplicadas.

No caso de Astin, o eterno Goonie comentou também um pouco sobre a trama, mas acabou mesmo mostrando um maior sentimento quando lembrou do tom da franquia e também de uma cena em específico: a aliança entre Humanos e Elfos. Quando Dourif retornou a comentar sobre a trama ainda fez uma ressalva: prefere a continuidade de A Sociedade do Anel. O mesmo considera que o último filme parece apresentar vários finais, quebrando com o tempo a expectativa da verdadeira conclusão ao espectador.

Sean chegou a comentar sobre roteiros, dizendo que recebeu muito material escrito. O mesmo disse que chegou a ter 5 caixas com material escrito para a adaptação, comentando também sobre sua reação em relação ao projeto, sua trama e o processo pelo qual passou até chegar na versão que foi para a tela. O ator disse que não parava de receber papéis desde que assinou o contrato, enquanto Brad falou sobre os detalhes de armaduras e outros materiais que eram verdadeiras obras de artes. Com isso, o ator responsável por interpretar Sam começou também a citar cenários, figurinos e criações de toda a equipe de produção, citando detalhes e revelando o cuidado com os objetos para compor cenas da trilogia.

Partindo para outro momento da conversa, os convidados também comentaram sobre o amor de Peter Jackson em relação a obra de Tolkien, além de suas motivações para a construção de tudo aquilo e a qualidade que o mesmo sempre buscava. Além disso, comentaram sobre os sentimentos e expectativas de todos com o lançamento dos filmes, já que passaram por um ano difícil de gravações. Entretanto, também ressaltaram que após tudo, era um sentimento de trabalho cumprido para Jackson, todo o elenco e sua equipe.

Caminhando para o final do painel, Sean Astin ainda comentou sobre suas dificuldades nas filmagens, o amor que sente pelo filme e pelo que lhe proporcionou, além de comentar sobre situações das gravações. No caso de Brad, o mesmo chegou a comentas sobre a saudade que sente em relembrar o final do projeto e sua participação. Finalizando, antes dos momentos das perguntas, o Sean surpreendeu todos os presentes, solicitando que ficassem de pé, levantassem o braço direito e repetissem com ele o famoso juramento dos Goonies. E assim, as perguntas começaram, mas com todos ali transformados em Goonies.

No final, respondendo perguntas, o ator falou sobre o cansaço que foram os 2 anos de gravações, mas também comentou sobre o final, as sensações e sentimentos pós produção e de que mesmo que as gravações tenham terminado e o filme lançado, aquilo que ele presenciou jamais acabará. Ainda assim, o mesmo também lembrou que todos ganhavam presentes ao fim das filmagens, sendo que ele ganhou a panela de Sam, Mochila, pés de Hobbit e a espada de seu personagem.

Duas coisas merecem ainda ser citadas sobre o painel: um vídeo especial sobre a carreira do ator foi exibido antes do mesmo. Em segundo lugar, ele também levou um pequeno vídeo do seu curta-metragem que fez durante as filmagens de O  Senhor dos Anéis, com a participação de membros da equipe.

Ibis_BANNER-WEB_PAULISTA_705x90

- Publicidade -

Notícias relacionadas

Mauricio de Sousa Produções e Lembranças da Terra-Média | CCXP
Marco Victor
Fundador do Jornada Geek, e formado em jornalismo desde 2012, mas também um grande amante de filmes e antigo frequentador de locadoras. Outras paixões também existentes estão em Séries de TV, HQs, Games e Música. Considera Sons of Anarchy algo inesquecível ao lado de 24 Horas, Vikings e The Big Bang Theory. Espera ansioso por qualquer filme de herói, conseguindo viver em um mundo em que você possa amar Marvel e DC apesar de ter o Batman e As Tartarugas Ninja como os seus heróis favoritos.
- publicidade -

Jornada Geek + Lolja

Últimas Notícias

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here