-publicidade-

Investigação de Guerrilha | LITERATURA

Escrito em meio às perseguições políticas da ditadura militar que maltratou o Brasil a partir da década de 1960, o Manual do guerrilheiro urbano ensina o opositor ao regime técnicas para se manter livre, atuante e, principalmente, vivo. Algumas das principais lições do Manual dizem respeito à clandestinidade: ficar oculto, escondido nos chamados aparelhos, mudar-se com frequência, mover-se sem rotina, não deixar rastros. Eram as formas de continuar trabalhando em meio a um regime de censura, opressão e torturas para a manutenção do que o governo considerava a ordem social. O Manual foi escrito a partir da vivência do autor, das experiências que teve desde a juventude, quando mostrou-se um questionador crítico, e ser fiel os preceitos escritos significava manter-se vivo. Imagine a dificuldade de Mário Magalhães para seguir o rastro de Carlos Marighella, o inímigo número 1 da ditadura militar.

Mais do que uma biografia, Mariguella, o guerrilheiro que incendiou o mundo é uma obra de devoção ao jornalismo investigativo. Para manter-se a salvo de seus caçadores, o guerrilheiro não deixava rastros, o que o tornou caçado como uma agulha num palheiro, pois os policiais não sabiam sequer em que cidade ele se encontrava. Décadas depois, Magalhães fez busca similar, mas o palheiro estava num celeiro escuro. Incansável, trabalhou nove anos na pesquisa, mais de cinco dos quais com dedicação exclusiva e ajuda de especialistas em diversas áreas. O resultado é primoroso.

Se fosse uma história de ficção, a vida de Mariguella seria marcada por personagens fortes, momentos frequentes de tensão e o típico humor esquerdista que daria leveza até nos instantes mais pesados. O que angustia é saber tratar-se de uma história real. Para comprovar isso, Magalhães aponta, em quase cem páginas, as fontes de cada momento narrado, para evitar contestações. Com a escassez de documentação e mesmo imagens do protagonista, a pesquisa apoia-se principalmente em entrevistas, em arquivos oficiais, nas fotografias (escolhidas a dedo) e em registros que vão da prova respondida por Marighella com um poema às notícias de seu obituário.

De tudo, as entrevistas aparentam ser o mais fácil. Tantos dos entrevistados, no entanto, foram também vítimas da gentileza militar, e os anos de temor e militância atrelados ao que sofriam ao ouvir sobre companheiros ou sentir no próprio corpo os deixaram marcados. Faz pouco, Clara Charf, viúva, de Marighella, foi entrevistada para um programa da TV Contee. Antes de começar, foi ela quem questionou, por quase uma hora, cada um dos componentes da equipe sobre passado, presente e intenções. A memória é viva, e se é ela que o repórter busca, tem que lidar com o que ela faz com seu porta-voz.

O livro é tenso, pesado, embora, pelo tamanho, se possa crer que terá muitos detalhes, longas cenas com descrições minuciosas e alongamentos estilísticos demasiados. Ledo engano, caro leitor: Magalhães é objetivo, descreve o que precisa, mostra tudo na medida e (re)constrói uma história na justa medida. Há momentos em que a leitura é tranquila, como se o autor contasse um caso; em outros, a aula de política internacional não permite a dispersão e requer lastro. Um aluno me questionou: às vezes ele para de falar do Mariguella e vai longe, nem parece que o livro é do Marighella. Ao longo do livro ele entendeu que não há como entender Carlos Marighella sem entender o mundo em que ele viveu. E mundo, neste caso, é o vasto mundo, para o qual talvez a rima seja a solução.

Poeta e político, guerrilheiro e pai, esportista e guloso, amante e inimigo número 1. Este é Carlos Marighella, homem capaz de passar dias no aparelho à luz de vela e escrever poesia e panfletos com a mesma pena. Capaz de pegar em armas e de chorar com uma carta sobre Stálin. Capaz de falar pelos que não têm voz e de fazer calar os que sofrem tortura para denunciá-lo. Capaz de parar um país com sua morte e de manter viva a crença pela justiça e pela liberdade até hoje.

- publicidade-
- publicidade -
- publicidade -
-publicidade-

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

543,006FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,469SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: Investigação de Guerrilha | LITERATURA

Últimas Postagens

Paramount na CCXP Worlds | Confira a programação do painel do estúdio

Após muitas expectativas ao longo das últimas semanas e diversos anúncios, a CCXP Worlds finalmente começou nesta sexta-feira, 04 de dezembro. E com isso,...

Invencível | Amazon divulga teaser legendado da série durante a CCXP Worlds

Com o seu painel confirmado para acontecer neste sábado, 04 de dezembro, o Amazon Prime Video já começou a revelar novidades para a CCXP...

The Marksman | Assista ao trailer do filme com Liam Neeson

Dando inicio a sua campanha promocional, The Marksman, estrelado por Liam Neeson, Jacob Perez, Teresa Ruiz e Juan Pablo Raba, é destaque na mídia. E assim, as novidades agora envolvem...

Metal Gear | Oscar Isaac é confirmado como o intérprete de Solid Snake

Com o seu desenvolvimento tendo sido noticiado há diversos meses, a adaptação da franquia de games Metal Gear voltou a ganhar novidades. E desta...

Death to 2020 | Mocumentário da Netflix é confirmado

Apostando em seu catálogo original, a Netflix volta a ser destaque na mídia com novidades sobre seu novo mocumentário Death to 2020. E assim, as informações...