-publicidade-

-publicidade-

HOMELAND 3ª TEMPORADA | EM DVD / BLU-RAY

Homeland - 3ª temporada
Homeland – 3ª temporada

Não é nenhuma novidade um projeto de televisão ser construído em cima de situações repletas de espionagens, ações militares ou investigações. Entretanto, alguns acabam chamando atenção através de sua abordagem. Foi exatamente isso o que aconteceu com Homeland desde o começo, já que o programa aproveitou sua colocação de desenvolvimento através da CIA para seguir caminhos diversos através de seus personagens. Logo o drama foi instalado dentro da sua trama em diversas escalas, passando por readaptações de Brody ao retornar para sua família, crises conjugais e até mesmo situações envolvendo a bipolaridade da agente protagonista. Reviravoltas e desconfianças também começaram a surgir com o crescimento do título, sempre trabalhando em cima de ações e reações.

Além disso, dentro de todo o seu contexto, todos os pontos funcionaram dentro das suas duas primeiras temporadas. O público acabou envolvido com as possibilidades apresentadas, mesmo com tantas mudanças surpreendentes em andamento. Cada pequeno momento foi trabalhado, sempre criando expectativas e surpresas. Entretanto, tudo resultou em um terrível incidente, deixando para sua 3ª temporada a missão de trabalhar com as consequências.

O novo ano começa com Carrie (vencedora do Oscar Claire Danes) s Saul (vencedor do Emmy Mandy Patinkin), ainda trabalhando na busca de quem está por trás do atentado ao quartel-general da CIA. As linhas que separam aliados de inimigos estão borradas, e a confiança não existe mais. Carrie, que esconde um terrível segredo, ajuda a recrutar um grande inimigo dos EUA, antigo companheiro de Saul, e Nicholas Brody (vencedor do Emmy Damian Lewis) para uma missão confidencial que pode redimir todos os seus erros do passado. Porém, quando a missão no Irã passa por problemas e Brody se torna um alvo fácil, o ex-fuzileiro deve confiar sua vida aos cuidados de Carrie e toda sua experiência em campo para encontrar uma saída do local.

 Que o roteiro da série de TV é muito bem articulado nos mínimos detalhes não é nenhuma novidade. Contudo, com tal aspecto, a verdadeira missão do seu ano 3 era manter o ritmo apresentado ao espectador desde o início. Bem, o objetivo é muito bem cumprido. O título continua sabendo como guiar seus personagens, utilizando todos como suas principais ferramentas dentro do seu contexto e apresentando uma temporada com muitas reviravoltas e situações dramáticas em escalas diversas. São momentos de reações, com cada nome envolvido ganhando o seu espaço no tempo necessário. A narrativa ajuda muito com isso, intercalando os protagonistas e apresentando certos momentos de foco em cada um deles dentro do que é mostrado. Como não poderia deixar de ser, todos os aspectos técnicos também são executados com uma máxima eficiência.

Personagens são os verdadeiros trunfos de Homeland. Trabalhando com idades diversas e problemas diferentes para cada um de seus personagens, logo o programa passou a conseguir criar impactos de formas diferentes. Cada um deles tem o seu modo de reagir, sendo que o mais interessante de se acompanhar é Claire Mathison. Não é pelo simples fato de ser a protagonista, mas ela conquistou isso através dos episódios com situações envolvendo o seu diagnóstico médico e o seu envolvimento amoroso com Nicholas Brody. Nem mesmo o ex-fuzileiro conseguiu chamar tanta atenção quando tratado por terrorista como Mathison na atual temporada. É que desde os primeiros momentos tudo é elevado através dela, mostrando surtos e uma instabilidade grande, que logo é também entregue como um maneira de atrair o inimigo. Mesmo assim, a situação era real ao mexer com seu emocional.

Contudo, uma série de TV nunca é feita apenas por protagonistas. Mesmo com Brody sendo utilizado apenas em momentos cruciais da temporada, a Claire acaba dividindo atenção com outros dois nomes: Saul e Dana. O primeiro nome acaba ganhando espaço pelo cargo que ocupa agora, como diretor interino da CIA, mas também por situações que envolvem sua vida particular e a ligação com a protagonista. No caso de Dana, tudo é mais delicado. A filha do ex-fuzileiro e deputado foi o ponto encontrado para mostrar as reações dentro da família aos seus supostos atos, forçando mudanças radicais em sua vida.

A verdade é que no geral, após trabalhar muito bem os seus envolvidos, o programa vai encontrando o caminho correto através dos seus episódios e os seus acontecimentos. Missões dão certo, enquanto outras situações passam por dificuldades e improvisos nos planos montados dentro do que é apresentado, mas o caminho é ousado. No fim, todo o novo ano acaba sendo trabalhado exatamente por uma única razão, utilizando a vida pessoal de seus personagens como fundo, sabendo como guiar cada pequena decisão. A falta de confiança também é um ponto que merece destaque, já que por vezes também acaba sendo decisiva para a evolução de uma cena ou mudanças no que deveria acontecer. Tudo está abalado, mas a ideia de contenção em busca de respostas funciona perfeitamente para o projeto. No fim, mesmo com decisões ousadas ao seu final, Homeland apresenta uma 3ª temporada incrível com o final de um ciclo de forma impactante.

Classificação:
Excelente

 

HOMELAND 3ª TEMPORADA | EM DVD / BLU-RAY
Marco Victor
Fundador do Jornada Geek, formado em Jornalismo pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (atualmente conhecido como UniAcademia), mas também um grande amante de filmes e antigo frequentador de locadoras. Outras paixões também existentes estão em Séries de TV, HQs, Games e Música. Considera Sons of Anarchy algo inesquecível ao lado de 24 Horas, Vikings e The Big Bang Theory. Espera ansioso por qualquer filme de herói, conseguindo viver em um mundo em que você possa amar Marvel e DC apesar de ter no Batman e As Tartarugas Ninja como os seus heróis favoritos.
- publicidade -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jornada Geek + Lolja

Últimas Notícias