HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL 1
Harry Potter e a Pedra Filosofal

Em 1997 as crianças tinham que ser forçadas para começar uma leitura, livros era recomendados em escolas, familiares compravam livros, mas os pequenos não queriam saber de se concentrar em livros. Nem mesmo livros com figuras conseguiam chamar a atenção. Porém, nesse mesmo ano era lançado na Inglaterra aquele que se tornaria um dos maiores fenômenos literarios da história. A saga de um orfão, que teve seus país assassinados por um ser maligno e que em uma escola mágica encontraria a razão de sua existência. Em pouco tempo, ele saíria dos livros e encontraria o caminho dos cinemas para também se tornar uma grande franquia na sétima arte.

É claro que estou falando de HARRY POTTER, e o primeiro filme é A PEDRA FILOSOFAL.

Os livros de Harry Potter nos mostram um mundo extraordinário que vive escondido dos humanos, ou melhor trouxas. É assim que os bruxos chamam as pessoas que não tem o seu talento para mágia. Mas, o príncipal personagem é descendente de ambos tipos, sua mãe Lilian era filha de trouxas, porém nasceu com a mágia em sí, se tornou uma bruxa e foi na escola de mágia que conheceu Tiago Potter. E assim eles se uniram por uma amor forte, um amor que salvou a vida do seu único filho das mãos de um dos bruxos mais malígnos que o mundo mágico conheceu. O seu nome passou a ser temido e era conhecido como Aquele que não deve ser nomeado. O bruxo das trevas matou Lília e Tiago, mas, não conseguiu executar o mesmo em Harry. O garoto sobreviveu apenas com uma cicatriz na testa e o bruxo desapareceu misteriosamente.

E é nesse ponto que essa história começa. Harry foi levado por Rúbeo Hagrid (Robbie Coltrane), a pedido de Alvo Dumbledore (Richard Harris), para a Rua dos Alfeneiros, número 4, a casa de seus tios, onde por longos 10 anos, foi maltratado, dormia embaixo do armário da escada e era um verdadeiro empregado para a família e não era cuidado com nenhum carinho. Porém, algo misterioso passou a acontecer em sua vida e ele recebeu uma misteriosa carta que deixou seus tios apavorados, eles tentaram de todas as formas impedir que o garoto tomasse conhecimento do conteúdo, mas quando decidiram se isolar em um lugar distante, tiveram uma visita inesperada no décimo primeiro aniversário de Harry Potter. Rúbeo Hadrig, o guarda caça de Hogwarts lhe trouxe uma carta contando que ele era um bruxo e passaria a frequentar a Escola de Bruxaria e Mágia de Hogwarts.

O jovem ficou impressionado, descobriu que seus país não morreram como os tios contaram, e que iria passar o ano longe daquilo tudo, o que lhe deixava muito satisfeito. Ele decidi ir para Hogwarts, visita o beco diagonal, um lugar mágico onde compra tudo que vai usar na escola, inclusive a sua varinha que ele descobre ser feito do mesmo componente mágico de um grande bruxo das trevas, o mesmo que fez a sua cicatriz na testa quando ele era apenas um bebê. Harry descobre que o bruxo chamava-se Lord Voldemort, e que o mesmo matou os seus país. E é com essa descoberta que ele embarca para a sua “nova” vida.

HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL 2
Harry Potter

Na viagem onde embarcou na plataforma 9 3/4 ( 1/2 nos livros) no expresso de Hogwarts ele conhece Rony Weasley(Rupert Grint) que fica totalmente encantado e surpreso por esta sentando na mesma cabine que o menino que sobreviveu. É assim que Potter é conhecido por muitos bruxos, ele ja havia presenciado pessoas ficarem encantadas com sua presença, mas nunca uma criança da mesma idade. Além de Rony ele conhece na viagem Hermione Granger(Emma Watson), um bruxinha muito talentosa que os país são trouxas. Chegando em Hogwarts o garoto conhece também Draco Malfoy(Tom Felton) que se acha superior há alguns, incluindo a família Weasley.

Na escola eles descobrem que o lugar é dividido em 4 casas, com nomes dos bruxos fundadores. Eles passam pelo processo de seleção do chapéu seletor e Harry, Rony e Hermione vão para a grifinória com alguns outros novos alunos, outros vão pra Lufa-lufa, alguns para Corvinal e Malfoy e o restante para Sonserina. Cada casa tem um diretor, a da Grifinória é a professora de transfiguração Minerva Mcgonagall(Meggie Smith), uma bruxa que apesar de parecer prepotente, é compreenssiva. E o ano vai passando e Harry Potter entra para o time de quadribol, aprende sobre mágia, descobre que a sua escola é cheia de mistérios, faz amizades, passa a admirar o diretor Alvo Dumbledore, ganha o carinho da professora Minerva, passa a não gostar do professor de poções Severus Snape(Allan Rickman), diretor da casa Arque-rival Sonserina, porém, continua curioso com a sua história.

E é no meio dessas aventuras e curiosidades que o garoto ver o perigo aparece novamente em sua vida. A sombra de Lord Voldemort começa a cercar o seu dia-a-dia,e Harry tem certeza que Snape esta ligado de alguma forma com isso. E assim ele, Rony e Hermione começam a envestigar o professor e durante a investigação os laços de amizade dos 3 vão crescendo cada vez mais. O trio acaba descobrindo que Voldemort esta realmente por trás do que pode estar acontecendo em Hogwarts, e Hagrid acaba soltando o nome de Nicholal Flamel. Hermione com toda sua inteligência acaba descobrindo em um livro que Flamel possui a Pedra Filosofal, um artefato mágico que torna quem o possuí imortal algo que ao entender deles é de interesse do bruxo das trevas.

Os três vão em busca da Pedra, acabam tendo que enfrentar Neville Longbotton(Matthews Lewis), um aluno da Grifinória que não queria que eles entrassem em mais confusões, chegando no local descobrem  que alguem já passou pelas defesas programadas para o artefato e que eles terão que fazer o mesmo. No fim, apenas Harry consegue chegar ao destine e não encontra Snape, mas, sim alguem que ele nunca desconfiou. Ele trava uma batalha pelo objeto, vence, o seu oponente acaba morto, e o garoto consegue salvar a pedra. Dumbledore revela para o garoto que ele conseguiu a pedra apenas porque não queria usa-lá. Acaba o seu primeiro ano, harry volta para casa, porém, com a certeza de que criou amizades que vai levar para o resto de sua vida.

Rony (Rupert),  Harry (Daniel) e Hermione (Emma)

É assim que acaba o primeiro filme desse grande fenômeno, algo que é apenas o começo de uma grande saga que o mundo começou a presenciar nos cinemas em 2001. Uma brilhante história muito bem contada no início pelo diretor Chris Columbus apesar de todas as suas mudanças e que ao longo dos anos foi mudando de mãos sem perder o seu brilho. Lógico que J.K Rowling merece todos os créditos pela história brilhante que escreveu e apresentou para o mundo.
Algo que vai ficar para sempre marcado na história literária e cinematográfica.

Acho que é isso…
Até mais.