WiFi Ralph | Crítica

O longa chega aos cinemas brasileiros em 2019.

publicidade:

Classificação:

Nota ótimo

poster de wifi ralph
Divulgação

Sendo o 57° filme animado feito pela Walt Disney Animation Studios, a nova aventura dos amigos Ralph e Vanellope aborda a vastidão da internet e o crescimento/amadurecimento dos amados personagens de Detona Ralph. E assim, intitulado WiFi Ralph, a animação – que já mostrou ser um grande sucesso de bilheteria nos EUA – tem sua estreia no Brasil marcada para janeiro.

A trama da nova animação deixa para trás o fliperama Litwak, aventurando-se no desconhecido, expansivo e empolgante mundo da Internet. Ralph, o vilão dos videogames e sua companheira desajustada, Vanellope von Schweetz, precisam arriscar tudo ao viajar para a world wide web em busca de uma peça indispensável para salvar o videogame de Vanellope, Corrida Doce. Sem saber no que se meteram, os dois amigos dependem dos cidadãos da Internet – os internautas – para auxiliar em sua navegação, incluindo uma empresária de website chamada Yesss, que é o algoritmo principal e o coração e alma do site que dita tendências “BuzzzTube”.

Com seu primeiro ato tendo como missão mostrar onde e como estão os personagens do fliperama já conhecidos pelo público, a rotina da turminha de games e o conflito que levará a dupla de melhores amigos à vastidão da internet, o roteiro apresenta uma estrutura um tanto interessante – acabando, inclusive, por apresentar alguns outros pontos que levam a trama a explorar outros aspectos mais à frente do desenrolar da história.

Talvez o que mais surpreenda seja o arco em que Ralph e Vanellope são trabalhados. Em ambos os lados, o longa explora mudanças, amadurecimento e, principalmente, como estes pontos influenciam e afetam um relacionamento – no caso do filme, a amizade entre os dois. Não somente isso, a trama também se preocupa em explorar a vastidão da internet, e, de certa maneira, faz uma crítica em tom cômico em alguns momentos ao visitar as influências e consequências que a web tem nas ações e emoções daqueles afetados por ela.

A fotografia escolhida para a animação, em forma das suas diversas escolhas de planos, fazem com que o espectador tenha mais imersão e noção da diferença entre o mundo do fliperama – que conta com planos mais fechados – e o mundo da internet – que mostra planos mais abertos, evidenciando a grandeza do mundo da web.

Por fim, WiFi Ralph apresenta uma ótima aventura para a família. Emocionante, engraçado e levando consigo uma mensagem importante sobre amizade, o longa entretém e é um ótimo filme para ser conferido nos cinemas pelos fãs.

Confira também: WiFi Ralph | Disney divulga novo trailer internacional da animação

Rich Moore (“Zootopia”, “The Simpsons”) foi o produtor da animação, que ainda terá o retorno de Sarah Silverman como a voz da personagem Vanellope von Schweetz. Por sua vez, John C. Reilly retorna como a voz de Ralph. Além de produzir, Moore irá dirigir o longa ao lado de Phil Johnston (roteirista de “Detona Ralph”, “Zootopia”).

WiFi Ralph chegará aos cinemas brasileiros em 03 de janeiro de 2019 no Brasil.

Não deixe de acompanhar todas as novidades e atualizações diárias do Jornada Geek no facebooktwitter e instagram.

Comentários:
publicidade: