--publicidade--
Home Destaque ARROW 3ª TEMPORADA | PRIMEIRAS IMPRESSÕES

ARROW 3ª TEMPORADA | PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Arrow 3ª temporada
Arrow 3ª temporada

Enquanto o mundo cinematográfico da DC Comics ainda está em sua forma embrionária, na televisão o caminho é diferente. A 2ª temporada do vigilante de Starling City é a maior prova disso. Sempre em evolução, a série de TV apresentou diversos personagens e moldou outros para o futuro, sendo até mesmo o responsável pela introdução de Barry Allen no formato. Foi nela que o público acompanhou a primeira aparição do futuro velocista escarlate, mas ainda trabalhando em sua profissão forense. Também foi um ano de evoluções e dificuldades para Oliver Queen e sua equipe, já que além dos casos semanais eles também tiveram que enfrentar a vingança de Slade Wilson, conhecido como O Exterminador. Para tal, os flashbacks mostraram a transformação do mesmo em vilão, introduzindo a droga mirakuru, posteriormente injetada em Roy. A cura chegou ao final do ano, quando eles travaram uma verdadeira batalha,  mas no caminho o grupo ainda teve que lidar com a famosa Liga dos Assassinos. Agora, Arrow retorna para o seu 3º ano.

Após os acontecimentos envolvendo a grande batalha contra Slade Wilson, agora a série de TV retorna em um momento em que Starling City está passando por uma grande calmaria. O Arqueiro está buscando eliminar a criminalidade, restando poucos criminosos livres. Além disso, agora Roy Harper assumiu sua identidade como parceiro do vigilante. De tal forma, Oliver Queen está buscando ser uma pessoa comum, buscando recuperar sua empresa e buscando construir um relacionamento. É então que ele chama Felicity para sair, mas o encontro não dá certo. Sem com que a equipe perceba, um novo vilão chega assumindo o nome do Conde Vertigo. É então que Oliver muda sua postura, resolve o problema com o reforço da Canário Negro. Entretanto, mal ele esperava que era apenas o retorno de momentos inesperados, com um assassinato acontecendo entre seus amigos e exigindo o seu foco para uma verdadeira caçada.

Mesmo com os acontecimentos dos primeiros episódios, o clima é diferente no início da nova season de Arrow. Oliver passa por momentos em que deve tomar decisões, escolher entre conciliar a vida de vigilante com uma normal ou se dedicar inteiramente ao caminho para combater o clima. Talvez isso seja mais debatido durante a evolução da trama, já que é algo que introduzido ainda no primeiro capítulo do ano. A evolução na confiança do personagem também é perceptível, assim como sua colaboração em equipe e a participação ativa de Roy. Agora ele tem um parceiro, mas continua vendo em Diggle, outro personagem que passa por mudanças, o verdadeiro amigo. É uma temporada que promete também mostrar mais do passado, mesmo que uma caçada possa ser o caminho de tudo.

--publicidade--

A partir daqui, texto com Spoilers…

Não tem jeito, a melhor forma de comentar sobre o início da temporada é colocando os fatos na mesa. Pelo que o segundo capítulo mostrou, a morte de Sara será algo determinante para a evolução da cronologia do programa. O assassino permanece em um total mistério, já que foi comprovado a ausência de Komodo em tal fatalidade. Por falar nisso, a participação do personagem foi decepcionante. De tal forma, fica a espera pelo seu retorno de umas forma mais eficiente, nem que ele tenha que escapar do presídio para tal. Em contrapartida, quando  o assunto toma o rumo da vida pessoal de Oliver, as questões acabam parando em suas questões amorosas, a chegada de Ray Palmer para comandar as Consolidações Queen e Thea. Já é evidente que o próximo episódio mostrará mais da irmã, tendo um foco especial em sua busca para retornar. É cedo para determinar, mas é algo que não deve acontecer agora. Voltando a primeira questão, ao que tudo indica não será agora que a torcida por um envolvimento do protagonista com Felicity poderá comemorar.

Contudo, talvez seja a chegada de Ray Palmer o melhor momento de especulações. Afinal, se o caminho for correto, o personagem assumirá uma identidade secreta em breve. Por enquanto, não existem informações se eles acabarão tendo  um embate ou se terão conhecimento sobre quem está por baixo da máscara. A temporada realmente chega em questões interessantes, já que a morte de Sara deve também levar Laurel para o caminho que acabará chegando ao ponto em que ela assumirá o papel de Canário Negro, título que lhe pertence nos quadrinhos.

Os flashbacks também são dignos de questionamentos nesse primeiro momento, já que envolvem Amanda Waller e sua determinação em montar uma equipe para executar missões diversas. Além disso, são eficientes para que o espectador conheça um pouco mais da trajetória do personagem antes de retornar para sua terra natal. Como é perceptível, será um ano recheado de fatos interessantes e que podem tomar diversos caminhos, fora que ainda não tivemos a introdução de Ra’s Al Ghul. Aliás, um possível suspeito para a morte já citada. A verdade é que outras perguntas ficam no ar. Afinal, qual caminho o programa seguirá? Qual será a solução para o mistério envolvendo a morte de uma personagem tão importante? O que acontecerá com cada nome? Quais caminhos eles irão seguir? Existem outros pontos para serem explorados nos flashbacks? São muitas questões que podem envolver reviravoltas interessantes, algo sempre digno de Arrow e que faz valer a pena acompanhar o seu desenvolvimento.

--publicidade--

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here