-publicidade-

O Primeiro Homem | Crítica

O longa chega aos cinemas no dia 12.

Classificação:
Nota ótimo

Poster de O Primeiro Homem
Divulgação

Não é nenhum segredo que o tema da exploração especial é presente na sociedade há muitos anos. Mesmo nos primórdios do cinema era possível notar a inquestionável curiosidade sobre o Universo além do planeta Terra e, já com cineastas ambiciosos como George Méliès com seu filme Le Voyage dans la Lune (Viagem à Lua, em português), o público se encontrou em uma incansável exploração do desconhecido. E então, anos após a primeira chegada do homem à Lua, o filme O Primeiro Homem – focado na história de Neil Armstrong – chega aos cinemas para narrar este acontecimento histórico por outra perspectiva.

Baseado na biografia de James Hansen “First Man: A Life Of Neil A. Armstrong”, a trama acompanha a história fascinante sobre a vida de Neil Armstrong (Ryan Gosling) e sua jornada para se tornar o primeiro homem a pisar na lua através de uma das mais perigosas missões da NASA.

A primeira coisa a se destacar é justamente sobre o roteiro de Josh Singer (Spotlight), que aqui tem um ritmo mais lento, algo não tanto utilizado quando filmes deste gênero são levados ao cinema. No entanto, este fator não chega a prejudicar a trama e acaba, inclusive, dando um ótimo panorama sobre a vida o astronauta que é autor da famosa frase: “um pequeno passo para um homem, um grande passo para a humanidade”.

Abordando desde questões familiares até uma perspectiva diferente em relação a todo o preparo dos astronautas para os testes e missões que antecederam o lançamento do Apollo 11, o espectador entra em contato com os bastidores da corrida espacial aos olhos do Armstrong vivido por Ryan Gosling (La La Land) e acompanha de perto a jornada que levou a conhecida missão americana que entrou para a história – sem deixar de lado o reflexo de toda essa corrida nas famílias dos homens recrutados para o Projeto Gemini.

- publicidade-

Já é notável que a direção de Damien Chazelle (La La Land) foi extremamente atrelada à maneira com a fotografia que foi escolhida para este filme. Com muitos planos fechados, e em momentos até claustrofóbicos, são raras as vezes que vemos um plano mais aberto em tela – este sendo mais presente no fim do segundo ato e começo do terceiro ato. Ainda assim, o cineasta traz o espectador para dentro do módulo da NASA e este fator auxilia na imersão do público para com os acontecimentos ali narrados.

Vale destacar também que, apesar dos seus pontos positivos, a fotografia também chega a atrapalhar em alguns momentos com sua câmera na mão e chega a prejudicar um pouco na contínua imersão dos espectadores, contudo é compreensível que esta tenha sido a linguagem escolhida para o longa.

Um ponto que deve ser destacado é a estética do projeto. Apesar de exibido em uma tela IMAX na exibição feita para a imprensa, o filme tem uma textura que chega a lembrar uma Super 8 ou filmes fotográficos com seus granulados como marca registrada, dando uma impressão de que estamos vendo um documentário gravado na época.

- publicidade -

Outro ponto que vale mencionar aqui é o uso do som, ou sua ausência, no terceiro ato do filme. Chazelle se utiliza do mesmo recurso de silêncio total utilizados no filme Gravidade (de Alfonso Cuarón) em momentos que o público é levado ao espaço com Armstrong, e uma sequência que deve ser elogiada é o lançamento, trajetória e chegada do astronauta à Lua.

Partindo para os personagens, é indispensável elogiar a performance de Gosling ao trazer para as telas um lado nunca visto pelo público em relação a Neil Armstrong. Aqui o ator dá vida a uma dramática história da família do astronauta, e ao lado de Claire Foy (The Crown), que interpreta a então esposa do protagonista, Janet Armstrong, mostram em primeira mão o impacto sofrido pelos envolvidos nesta corrida espacial – inclusive os seus custos e sacrifícios durante uma das mais perigosas missões da história.

Por fim, O Primeiro Homem dá seu passo em direção a uma nova maneira de abordar a conhecida história da chegada do homem à Lua e mostra não ser mais um filme no meio de tantos títulos que já exploraram o tema ao longo da história do cinema. Intimista, focada em Neil Armstrong e sua visão dos acontecimentos que levaram a sua marcante frase e conquista na corrida espacial, o longa faz um ótimo trabalho e se destaca por sua estética.

Confira também: O Primeiro Homem | Assista ao trailer do filme

Corey Stoll (Homem-Formiga, The Strain), Jason Clarke (A Hora Mais Escura, Planeta dos Macacos: O Confronto), e Kyle Chandler (Super 8, Friday Night Lights) também estão no elenco do projeto.

A produção é de Wyck Godfrey e Marty Bowen, enquanto Isaac Klausner será o produtor executivo.
O Primeiro Homem chega aos cinemas no dia 12 de outubro de 2018.

Não deixe de acompanhar todas as novidades e atualizações diárias do Jornada Geek no facebooktwitter e instagram.

-publicidade-

Notícias relacionadas

O Primeiro Homem | Crítica
Amanda Vizagre
Formada em Audiovisual, sua aventura no Jornalismo começou justamente com um convite para escrever no Jornada Geek. Amante da sétima arte, tem "Chaplin", o musical "Billy Elliot" e a série "24 Horas" dentre as suas produções favoritas. Na música, tem um gosto eclético e prefere deixar a escolha para o momento. E no universo de heróis, a trilogia "Batman" é sua escolha a qualquer momento, mesmo que a maioria dos seus heróis favoritos estejam na Marvel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

543,185FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
20SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,475SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: O Primeiro Homem | Crítica

Últimas Postagens

Gavião Arqueiro | Florence Pugh participará da série como Yelena Belova (Rumor)

Com o seu desenvolvimento definido há algum tempo, a série protagonizada pelo Gavião Arqueiro aos poucos vai ganhando cada vez mais novidades. E entre elas,...

Assassin`s Creed Valhalla | Review

Classificação: Iniciada no ano de 2017, a franquia de games Assassin's Creed acabou se tornando um grande sucesso para a Ubisoft desde o seu primeiro...

Maldivas | Netflix anuncia nova série com Bruna Marquezine e Manu Gavassi

Trabalhando constantemente no desenvolvimento de novos projetos, a Netflix segue aos poucos realizando alguns anúncios. E entre eles, o mais recente trata-se da série...

Disney+ | Os filmes e séries que serão lançados no Brasil em dezembro

Como já estamos acostumados, aos os serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime e Globoplay geralmente revelam a sua lista de lançamentos antes do...

Utopia | Série é cancelada pela Amazon Prime após a 1ª temporada

Com o seu lançamento tendo acontecido no final de outubro no Brasil, a série Utopia voltou recentemente a ganhar novidades. E desta vez, o...