A corrupção faz realmente parte da história do Brasil. Desde a descoberta do nosso país, o sistema, em seus mais diversos momentos, sempre acabou buscando as facilidades. E com isso, é claro, passamos por situações de grande desespero também em nossa política. Não importa o lado A ou B, volta e meia sempre surgem os escândalos. Existem aqueles que tomam mais ênfase em nossa mídia, é claro, mas a verdade é que vivemos uma guerra do colarinho branco. E isso é exatamente o que a série O Mecanismo está chegando para detalhar um pouco mais.

Imagem de divulgação da série O Mecanismo
O’Mecanismo

Criada por Elena Soarez e José Padilha (Tropa de Elite 1 e 2), a trama do programa é inspirada em acontecimentos reais do Brasil e que impulsionaram um dos maiores escândalos de corrupção de todos os tempos. A história retrata como um pequeno grupo de investigadores acaba desvendando um monstruoso esquema de corrupção no país, aproveitando o seu desdobramento para mostrar situações do dia a dia dos seus personagens e o impacto em suas vidas através desta grande descoberta.

Desde o seu primeiro momento, o mais interessante do programa em questão é a sua abordagem. Com nomes fictícios, a trama tem todos os momentos corretos de um roteiro para descobertas, reviravoltas, e até momentos que surpreendem o espectador mais conhecedor deste grande esquema que vem sendo destaque na mídia já há algum tempo. E mesmo com mudanças nas características e identidades, as cutucadas estão lá. Menções de um Lava-Jato, nomes inspirados como Petrobrasil, ou até indicações de discursos que ganharam destaque na mídia. Contudo, mesmo que não cite os nomes verdadeiros dos políticos, os partidos não são poupados.

Com o programa ainda em seus primeiros episódios, um dos personagens solta uma frase que engloba PT, PSD e PMDB, deixando bem claro: todos eles são farinha do mesmo saco. E esta é apenas uma das muitas indicações de que Padilha e todos os envolvidos no projeto estão vindo exatamente sem medo de A, B ou C. A ideia parece, pelo menos até onde vimos, ser a de mostrar o sistema inteiro de corrupção que tomou conta das nossa política. E através dos primeiros capítulos, fica também escancarado que muito ainda está por vir.

O fato é que toda essa revelação ainda impressiona. Uma enorme quantidade de dinheiro é tratada simplesmente como trocados, seja uma retirada de mais de meio milhão para uma campanha, ou então a compra de um carro de 250 mil reais. E a série está ali exatamente para botar o dedo nesta ferida do brasileiro. Os três episódios dos quais tivemos acessos são apenas a ponta do que está por vir, mostrando ainda os passos de descobertas e apenas caminhando para os acontecimentos de uma primeira fase desta grande investigação.

Interessante vai ser realmente ver a reação do público, independente de lados. Com certeza teremos momentos de insultos na internet contra a produção de todas as partes, mas talvez seja exatamente isso que transforme O Mecanismo no grande sucesso que merece ser. Afinal, seja através da construção da sua trama, ou de atuações do seu elenco, a produção chegou apresentando uma qualidade absurda. Pode ser que possamos estar prestes a ver o nascimento de um House of Cards ou Narcos…ou melhor, podemos estar próximos de ver, novamente, a sétima arte gritando por justiça e em busca de desmascarar todos aqueles que atualmente brincam com o dinheiro do povo propondo projetos absurdos por conta dos seus próprios atos.

O lançamento de O Mecanismo acontece em 23 de março pela Netflix.

Confira também: JOGADOR Nº1 | Confira o novo trailer do filme de Steven Spielberg

Não deixe de acompanhar todas as novidades e atualizações diárias do Jornada Geek no facebooktwitter e instagram.

publicidade: