- publicidade -

- publicidade -
InícioCríticaEM DVD / BLU-RAY: DETONA RALPH

EM DVD / BLU-RAY: DETONA RALPH

Detona Ralph
Detona Ralph

A Disney começou uma grande revolução nos últimos anos. Quer dizer, não tem como escrever exatamente isso, visto que eles sempre foram enormes investidores em qualquer tipo de setor. Contudo, nos últimos anos isso apenas cresceu. A Walt Disney resolveu comprar/investir em mais setores do entretenimento, deixando de ser responsável apenas pela distribuição da Pixar, comprando o estúdio de animação e fazendo o mesmo posteriormente com a Marvel e Lucas Film. O impacto cinematográfico já começou a ser percebido através de diversas produções, mas eles também mostraram com Detona Ralph que alguns projetos não precisam ser comprados, mas apenas elaborados dentro de casa. É com uma fórmula nostálgica, que eles apresentam a animação. Uma produção que é formada por jogos antigos e novos, passeando por 3, 4 décadas de uma revolução gráfica.

Ralph é o vilão do jogo de arcade Conserta Felix Jr., em que o herói homônimo do jogo conserta um edifício que Ralph destrói diariamente. Por mais de 30 anos, Ralph fez o mesmo trabalho e ficou cansado de ser o cara mau. Querendo provar que ele pode ser um bom rapaz e não apenas um vilão, o mesmo escapa de seu jogo através do cabo de alimentação e parte para Missão de Herói, um jogo de tiro, onde ele ajuda a heroína do jogo, a Sargento Calhoun, na batalha contra “Insetrônicos”, invasores alienígenas do jogo. Seu objetivo é conquistar uma medalha, mas após algumas confusões, Ralph entra, sem querer, em Corrida Doce, um jogo de corrida de kart, desenvolvido em trilhas feitas com diversos tipos de doces. Lá, o grandão conhece Vanellope von Schweetz, uma suposta bug do game, ela tem vontade de correr, mas nunca tinha moedas. Utilizando a medalha de Ralph, a mesma consegue realizar a sua inscrição. A jovem bug pede ajuda do “vilão”, eles fazem um trato, mas nem imaginam que a sua verdadeira aventura está apenas começando.

 Apenas reafirmando, amo animações. Dito isso, vou ao ponto mais interessante apresentado pela produção de Detona Ralph, a nostálgia. Essa é sem dúvida uma arma muito forte na trama, visto que desde o começo o espectador passa a acompanhar o dia a dia dos jogos após o fliperama fechar. Isso faz com que vários personagens distintos apareçam, incluindo os vilões. Eles tem uma terapia, mas que acaba sendo um verdadeiro túnel do tempo para quem vai conferir a animação, visto que Zangief, Mr.Bison, Bowser, entre outros, estão presentes. Sinceramente? Não entendo como uma produção assim perde o Oscar de animação, sendo que ela soube trabalhar todos os aspectos apresentados perfeitamente.

Além disso, a produção também soube como utilizar as diversas evoluções gráficas, visto que cada uma das personagens tem o seu estilo e característica. Não é gritante, mas basta prestar atenção em como Felix.Jr. se movimenta em certos momentos quando está perto da Sargento Calhoun. Fora tudo isso, o lance de Marketing funcionou muito bem para promover a animação. Eu mesmo baixei o jogo do Concerta Felix Jr. no iphone, criando um novo vício. Ele é curto, bem simples, mas interessante demais, ainda mais por apresentar o final exatamente da mesma forma que no filme. Você chega em cima do prédio, e bem…quem assistir ou assistiu vai saber o que acontece. Outro ponto que adoro em animações; os extras apresentam suas evoluções e construções. Eu gosto disso, não adianta fugir. Contudo, a maioria dos extras encontrados em Detona Ralph ficam por conta do seu blu-ray. O DVD apenas apresenta o curta Paperman (Avião de Papel no Brasil), que também é muito bonito e ganhou o Oscar de curta animado esse ano.

Detona Ralph é mais um encanto para a minha relação com animações. É um projeto ousado, que tem como objetivo mostrar muitos jogos antigos, falar sobre alguns que foram esquecidos, mas também relembrar momentos passados que foram gratificantes. O fato da Walt Disney ter conseguido o licenciamento de algumas personagens de diversos jogos ajudou muito tudo no desenvolvimento da trama. É claro que o desenvolvimento príncipal tem um foco, acontece apenas envolvendo algumas presenças, mas só de você olhar por segundos para cada uma das outras que aparecem, te encanta.

Tudo tem o momento certo durante a trama, fazendo com que ela seja muito bem construída, sem falhas no roteiro. A Walt Disney, mais uma vez, acertou e fez a sua magia acontecer e encantou o público. Não é inovador, longe disso, ele na verdade pega uma ideia que já foi aplicada antes, estou falando de Toy Story, mas desenvolve a trama envolvendo outros fatos e aspectos de um entretenimento totalmente diferente. A produção mostra que não existiam apenas os brinquedos, mas que os jogos também já estão presentes há muitos anos na vida de um grande público. Não se trata mais de um entretenimento novo,  eles já tem uma bonita estrada construída, e que está longe de acabar. É a melhor adaptação cinematográfica com o envolvimento do universo de jogos, isso é um fato. Contudo, eis a verdade: você só vai conseguir sentir todas as maravilhas, quando assistir.

Classificação:

pac5 legenda

- Publicidade -

Notícias relacionadas

EM DVD / BLU-RAY: DETONA RALPH
Marco Victor
Fundador do Jornada Geek, e formado em jornalismo desde 2012, mas também um grande amante de filmes e antigo frequentador de locadoras. Outras paixões também existentes estão em Séries de TV, HQs, Games e Música. Considera Sons of Anarchy algo inesquecível ao lado de 24 Horas, Vikings e The Big Bang Theory. Espera ansioso por qualquer filme de herói, conseguindo viver em um mundo em que você possa amar Marvel e DC apesar de ter o Batman e As Tartarugas Ninja como os seus heróis favoritos.
- publicidade -

Jornada Geek + Lolja

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui