-publicidade-

CAPITÃO AMÉRICA: GUERRA CIVIL | CRÍTICA

Classificação:
ExcelenteCapitão América Guerra Civil posterUma coisa é muito fácil de afirmar: há 8 anos a Marvel vem construindo um belíssimo universo cinematográfico. É algo realmente de encher os olhos, que a cada ano vem chamando cada vez mais atenção. Tudo é muito bem pensado, com as produções alinhadas, criando sempre expectativas gigantescas no que está por vir. São tão bem posicionadas que até mesmo alguns detalhes podem passar despercebidos, como o nome de Stephen Strange no segundo filme do Capitão América. E agora, após tantos títulos, e com muitos outros por vir, chegou finalmente a hora do embate entre os seus heróis ser mostrado na tela grande através de Guerra Civil.

A produção começa após os eventos envolvendo Vingadores: Era de Ultron, mostrando Steve Rogers liderando a nova equipe dos Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Entretanto, após mais um incidente internacional envolvendo o grupo de heróis causar danos colaterais e tirar vidas inocentes, o aumento da pressão política resulta na criação de um acordo governamental envolvendo muitos países elaborado para definir quando o grupo será acionado. Tal atitude acaba dividindo opiniões, fragmentando a equipe enquanto mais um grande vilão surge das sombras.

Desde as primeiras cenas é perceptível  que a temática estabelecida será claramente apresentada através de conflitos. Aqui, o roteiro mostra para o que veio ao adaptar muito bem a situação envolvendo os personagens disponíveis no universo cinematográfico, modificando o que era necessário, cortando alguns pontos, criando outros e sabendo crescer da forma correta ao longo de cada minuto apresentado. Destaque neste ponto para o grande vilão da trama, Barão Zemo (Daniel Brühl), que é um dos grandes responsáveis pelos acontecimentos e conflitos estabelecidos através de um plano muito bem arquitetado.  Além disso, a precisão de Anthony e Joe Russo é clara e perceptível para aqueles que acompanharam a trama envolvendo anteriormente o Soldado Invernal.

Passando por esse estabelecimento claro, logo as cenas de batalha passam a chamar também uma clara atenção. Elas conseguem fazer que o espectador prenda o fôlego em certos momentos, assim como relaxe em outros. A melhor delas, como era esperado, acaba sendo o grande conflito que ocorre em um aeroporto. Uma sequência muito bem produzida e dirigida, funcionando de forma excelente como um dos clímax de todos os acontecimentos anteriores mostrados.

Neste ponto todos os personagens parecem estar em suas melhores formas. Independente daqueles que foram adicionados lá no começo do universo estabelecido, ou ainda em sua segunda fase, todos tem o seu espaço garantido. Alguns, obviamente, maiores que outros por causa exatamente da construção necessária para que o roteiro continue a evoluir. No mais, é interessante também observar que a tensão entre Rogers e Stark foi muito bem explorada, deixando claro o foco necessário nos líderes da divisão.

Entretanto, ainda assim surgem aqueles que mesmo com pouco tempo, ou não, acabam chamando mais atenção. O primeiro deles é o Pantera Negra, interpretado de forma brilhante por Chadwick Boseman. Desde a sua primeira aparição, ainda sem o seu uniforme, T’Challa já chama atenção. Seja pelo sotaque totalmente diferente, ou pelos acontecimentos que cercam o mesmo. A sua evolução é  grandiosa, com ótimas cenas e uma exploração necessária para mostrar as suas habilidades. Outros dois personagens que também podem ser destacados são A Feiticeira Escarlate e o Visão. O relacionamento deles é interessante de ser observado, mas o mais destacável são os seus poderes. Eles aparecem quando necessário, sendo realmente armas poderosas para os dois lados.

- publicidade-

Seguindo com as adições envolvendo a reunião de personagens, surgem então os outros alívios cômicos da produção. Homem-Formiga e Homem-Aranha. O primeiro já teve o seu próprio filme lançado recentemente, mas ainda assim conseguiu surpreender por sua participação e criar bons através de piadas enquanto utiliza os seus poderes. Já o segundo é mesmo a grande novidade da Marvel. Ver Peter Parker interagindo com os Vingadores não tem preço, ainda mais em uma cena tão bem dirigida e desenvolvida como a que ele esteve envolvido. Todos tem o seu espaço na batalha do aeroporto, mas é sem dúvida o cabeça de teia e rouba a cena. Tom Holland não é somente a melhor encarnação de Peter, mas também de longe o melhor Homem-Aranha dos cinemas. Os elogios estavam certos, enquanto as expectativas apenas crescem para saber o que lhe espera em breve.

E assim, com todas essas características, e muito bem direcionado pelos irmãos Russo, o filme Capitão América: Guerra Civil conseguiu sim absorver toda a empolgação do público. Na verdade, ele até consegue superar em certos pontos por conta do grande desfalque envolvendo a sua adaptação. São poucos personagens perto daqueles que estavam nas páginas, mas somente eles foram necessário para criar uma excelente atmosfera. Cada um teve o seu momento certinho, com a reviravolta necessária acontecendo no tempo certo, apresentando também revelações e um desfecho para aquilo que ainda está por vir. A verdade é que agora a Marvel terá que ter ainda mais cuidado com seus projetos, já que superar algo tão bem contato será muito difícil.

- publicidade -
- publicidade -
-publicidade-

Notícias relacionadas

CAPITÃO AMÉRICA: GUERRA CIVIL | CRÍTICA
Marco Victor
Fundador do Jornada Geek e formado em Jornalismo, mas também um grande amante de filmes e antigo frequentador de locadoras. Outras paixões também existentes estão em Séries de TV, HQs, Games e Música. Considera Sons of Anarchy algo inesquecível ao lado de 24 Horas, Vikings e The Big Bang Theory. Banda preferida? São muitas, mas Slipknot ocupa um lugar especial. Espera ansioso por qualquer filme de herói, conseguindo viver em um mundo em que você possa amar Marvel e DC apesar de ter no Batman e As Tartarugas Ninja como os seus heróis favoritos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

542,978FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,469SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: CAPITÃO AMÉRICA: GUERRA CIVIL | CRÍTICA

Últimas Postagens

Naomi | Adaptação de HQ está sendo desenvolvida por Ava DuVernay

Começando a ser destaque na mídia, a adaptação televisiva de Naomi é alvo de novidades. E assim, as mais recentes envolvem o anúncio do...

Paramount na CCXP Worlds | Confira a programação do painel do estúdio

Após muitas expectativas ao longo das últimas semanas e diversos anúncios, a CCXP Worlds finalmente começou nesta sexta-feira, 04 de dezembro. E com isso,...

Invencível | Amazon divulga teaser legendado da série durante a CCXP Worlds

Com o seu painel confirmado para acontecer neste sábado, 04 de dezembro, o Amazon Prime Video já começou a revelar novidades para a CCXP...

The Marksman | Assista ao trailer do filme com Liam Neeson

Dando inicio a sua campanha promocional, The Marksman, estrelado por Liam Neeson, Jacob Perez, Teresa Ruiz e Juan Pablo Raba, é destaque na mídia. E assim, as novidades agora envolvem...

Metal Gear | Oscar Isaac é confirmado como o intérprete de Solid Snake

Com o seu desenvolvimento tendo sido noticiado há diversos meses, a adaptação da franquia de games Metal Gear voltou a ganhar novidades. E desta...