-publicidade-

-publicidade-

As Viúvas | Crítica

Filme estreia em 29 de novembro.

Nota ótimo

poster de As Viúvas
Divulgação

Sendo adaptado de uma série de TV britânica homônima de 1983, o filme As Viúvas, com Viola Davis (How to Get Away with Murder) e Liam Neeson (A Lista de Schindler), chega aos cinemas. Protagonizado por quatro personagens femininas fortes e de personalidade, o longa mostra muito mais do que uma história de crime comum.

Ambientada na cidade de Chicago, a trama acompanha Verônica (Viola Davis), que está sendo ameaçada pelo chefão do crime Jamal Manning (Brian Tyree Henry), de quem seu ex-marido Harry Rawlings (Liam Neeson) e seus parceiros roubaram US$ 2 milhões e acabaram sendo mortos durante o assalto. Jamal precisa do dinheiro para financiar sua campanha eleitoral para prefeito, onde ele está concorrendo contra Jack Mulligan (Colin Farrell), filho do atual prefeito Tom Mulligan (Robert Duvall). Verônica descobre o caderno de Harry, que contém um plano detalhado para um assalto no valor de US$ 5 milhões. Ela decide executar o plano para pagar sua dívida com Jamal e recruta Alice (Elizabeth Debicki), Linda (Michelle Rodriguez) e Belle (Cynthia Erivo) para ajudá-la no plano.

O filme é dirigido por Steve McQueen, e roteirizado pelo mesmo e por Gillian Flynn. As Viúvas se mostra muito mais que um filme de ação, nos apresentando quatro mulheres que lutam para conseguirem viver, criar seus filhos e pagarem suas dívidas, além de abordar temas como racismo, machismo e violência contra as mulheres.

No longa é possível ver características dos dois roteiristas, o racismo que foi tema principal na obra anterior de McQueen12 Anos de Escravidão, é abordado novamente aqui, já que Jamal pode se tornar o primeiro prefeito negro da cidade, e Tom Mulligan detesta essa ideia porque além de querer que seu filho continue seu trabalho, ele também se mostra um racista declarado.

Já de Flynn (Obejtos Cortantes) é perceptível seu olhar único com as mulheres, conseguindo entregar personagens com emoções profundas e cativantes. A trama também contém os plot twists clássicos de suas histórias de mistério.

Como já destacado, as quatro assaltante são mulheres fortes e poderosas, mas a personagem Alice se destaca pela sua evolução na trama, já que sofria um relacionamento abusivo com o seu falecido marido e no final se torna uma mulher forte e corajosa, além de fornecer os melhores alívios cômicos do filme. Já a protagonista Verônica é a cabeça da quadrilha que a comanda com a seriedade necessária. Linda é a representação da mulher comum latina dos EUA, tendo que conciliar sua vida de assaltante com a criação dos seus filhos. E Belle divide o papel de mulher durona e badass do filme com a Verônica, rolando até alguns pequenos atritos entre elas.

Por fim, As Viúvas se mostra um bom entretenimento acima de tudo, mas que não se resume a só mais um filme de ação, também mostrando assuntos pertinentes a sociedade ao longo de sua trama. Com personagens bem construídos e plot twists inesperados, a produção consegue envolver seus espectadores e merece ser conferido nas telas do cinema.

Confira também: AS VIÚVAS | Assista ao novo comercial do filme

Colin Farrell, Brian Tyree Henry, Daniel Kaluuya, Garret Dillahunt, Carrie Coon, Jacki Weaver, Jon Bernthal, Manuel Garcia-Rulfo, Robert Duvall e Liam Neeson também estão no elenco.

Além de dirigir, McQueen assina o roteiro do projeto baseado na série britânica ao lado Gillian Flynn (Garota Exemplar).

As Viúvas estreia em 29 de novembro de 2018.

Não deixe de acompanhar todas as novidades e atualizações diárias do Jornada Geek no facebooktwitter e instagram.

- publicidade -

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Jornada Geek + Lolja

Últimas Notícias