- publicidade -

InícioCríticaAMERICAN HORROR STORY - ASYLUM | EM DVD / BLU-RAY

AMERICAN HORROR STORY – ASYLUM | EM DVD / BLU-RAY

American Horror Story - Asylum
American Horror Story – Asylum

Ryan Murphy é realmente o nome da criação de gêneros diferentes. O nome já esteve envolvido em diversos projetos, estando atualmente ligado ao sucesso musical Glee e American Horror Story. Tal diversidade presente nos seus programas apenas mostra ao mundo sua capacidade de criação. Entretanto, no caso da série de horror existem fatores ainda mais favoráveis. Além de trazer o trash de volta em alguns aspectos de propósito, a produção foi construída para possuir um tema por ano, com novos personagens diversificados, mas buscando utilizar o mesmo elenco ou boa parte dele. Após o sucesso de Murder House, as atenções do segundo ano ficam voltadas para Asylum.

 Os pecados do passado assombram os dias de hoje em Briarcliff: uma casa de detenção para condenados com problemas mentais, administrada com punhos de ferro pela irmã Jude (Jessica Lange). Desejos proibidos e a essência do mal habitam e espreitam cada canto. Há abdução alienígena, possessão demoníaca e até um psicopata conhecido como “Bloody Face” que veste a pele de suas vítimas. Para tentar revelar os mistérios, a jornalista Lana Winters prepara uma reportagem sobre o local, mas acaba presa no sanatório, passando a conviver com os seus maiores pesadelos, mas também descobrindo que nem todas as informações eram verdades absolutas.

A nova temporada da série de terror começa apresentando a locação ao espectador nos tempos atuais. O local é abandonado, mas conhecido por diversas lendas. Contudo, quando menos se espera, um dos seus maiores temores volta a aparecer na visita de um casal, dando início a sua narrativa. No passado, o espectador vai conhecendo aos poucos diversas personagens, passando a acompanhar o seu cotidiano no sanatório ao lado de pacientes e administradores. Para tal, a produção também se mostra eficiente na ambientação do local, construindo um ambiente assustador e passando a utilizar um estilo marcante para o terror usando até mesmo sua trilha sonora para tal. Entretanto, é na coloração e colocação misteriosa da fotografia e a direção utilizada que o ambiente se mostra eficiente ao seu propósito.

O novo tema traz nomes inéditos ao projeto, com destaques para Joseph Fiennes, James Cromwell e Lizzie Brocheré. Todos possuem seus momentos essenciais, com destaques no momento certo. Cromwell interpreta um Dr. Arthur em busca de experiências, mas ao mesmo tempo apaixonado, enquanto cabe a personagem de Lizzie, Grace, acompanhar mais o personagem Kit Walker e se envolver com o mesmo. Entretanto, talvez pelas suas produções passadas, Fiennes parece muito à vontade com o Monsenhor, passando por diversos momentos entre altos e baixos no decorrer da temporada, evoluindo o mesmo de uma forma gradativa e misteriosa em alguns momentos.

Contudo, é no elenco de retorno que estão os grandes destaques de American Horror Story. Sarah Paulson não serve apenas como um ponto de ligação, como também tem uma atuação interessante no decorrer de toda a trama, sendo acompanhada por uma excelente atuação de Evan Peters, que dessa vez vive Kit Walker, um personagem acusado erroneamente de seus crimes, mas que ainda assim consegue criar dúvidas ao espectador. Lily Rabe é mais um nome remanescente do elenco de Murder House, tendo os seus momentos de impacto ao viver a personagem Irmã Mary Eunice. Enquanto isso, Dylan McDermott retorna apenas em 5 episódios, sendo o responsável por ligar o presenta ao passado em alguns momentos, mas sempre agindo de forma assustadora e demonstrando o seu valor para a produção.

Para c0mpletar, os maiores destaques ficam por conta de Zachary Quinto e Jessica Lange. Ambos estão ótimos, sendo os grandes responsáveis pela evolução da trama em diversos momentos. Enquanto o primeiro apresenta um personagem que aparenta inocência, mas tem um monstro escondido, Lange demonstra mais uma vez todo o seu talento no decorrer dos 13 episódios que compõe o ano 2. Sua personagem é a que mais sofre reviravoltas, conseguindo causar do sentimento de raiva  até a pena.

Para apresentar toda a situação de forma convincente ao espectador o programa sabe como utilizar do seu elenco ao ambiente apresentado, centrando a personagem de Sarah Paulson para causar impacto em momentos corretos, voltando a representar o terror com uma certa qualidade na sua estória e a presença de elementos que lembram o trash. A injustiça é apresentada em diversos momentos, sempre seguida pela ambição e o horror, mostrando um programa que sabe crescer no momento certo dentro de sua temática. Após novas abordagens dentro do cinema, agora a criação de Ryan Murphy se torna a referência ao estilo na televisão e se mostra capaz em todos os momentos para tal.

Se não bastasse todo o conteúdo e as surpresas, é com uma abertura medonha que o espectador é levado ao clima de American Horror Story. Um ano marcante ao programa de Murphy por todo o seu contexto, que consegue alcançar o seu objetivo no decorrer dos episódios, mostrando algo que vai além dos sustos, promovendo um contexto com situações distintas e eficiente em diversas formas. O terror aqui é apenas uma ferramenta para algo maior, que resulta em um ótimo final, que só não é perfeito por poucas faltas de explicações, mostrando questões de escolhas e humanidade ao fim de tudo.

Se você quiser garantir a sua temporada, CLIQUE AQUI.

Classificação:

- Publicidade -

Notícias relacionadas

AMERICAN HORROR STORY - ASYLUM | EM DVD / BLU-RAY
Marco Victor
Fundador do Jornada Geek, e formado em jornalismo desde 2012, mas também um grande amante de filmes e antigo frequentador de locadoras. Outras paixões também existentes estão em Séries de TV, HQs, Games e Música. Considera Sons of Anarchy algo inesquecível ao lado de 24 Horas, Vikings e The Big Bang Theory. Espera ansioso por qualquer filme de herói, conseguindo viver em um mundo em que você possa amar Marvel e DC apesar de ter o Batman e As Tartarugas Ninja como os seus heróis favoritos.
- publicidade -

Jornada Geek + Lolja

Últimas Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui