Imagem de Davos e Danny Rand na 2ª temporada de Punho de Ferro
Divulgação

Lançada em março do ano passado, a primeira temporada protagonizada pelo herói Punho De Ferro não conseguiu agradar o público como esperado. Além de apresentar um roteiro sem grande aprofundamento e personagens coadjuvantes monótonos, outro grande problema cercava sua produção: a qualidade nas cenas de lutas apresentadas. O que era para ser protagonizado pelo mais emblemático artista marcial que fazia parte do grupo Os Defensores, acabou então decepcionando profundamente em todos os aspectos possíveis. Contudo, isso parece estar ficando realmente no passado. Quer dizer, pelo menos é isso o que a sua 2ª temporada chegou prometendo apresentar.

Ambientada após os acontecimentos da recente temporada de Luke Cage, os novos episódios começam a trilha o caminho de Danny Rand, um homem que continua sendo um verdadeiro peixe fora d’água. Contudo, agora o mesmo tem um caminho traçado neste mundo novo e hostil enquanto descobre quem ele é. Desta vez, Danny tem a missão de cumprir a promessa que fez para Matt Murdock (Charlie Cox), assumindo então a missão de proteger a cidade de Nova York. Contudo, ameaças não param de surgir no seu caminho, e uma reviravolta sinistra ameaça a sua identidade ao ponto de que ele não enfrentará vilões desconhecidos. Na verdade, seus grandes antagonistas desta vez são pessoas próximas, que ele confiou no passado como uma verdadeira parte da sua família.

Uma coisa é válida afirmar: desde a sua primeira cena, o novo ano protagonizado pelo herói da Marvel já se mostra superior ao que vimos anteriormente lhe envolvendo. Seja em Punho de Ferro ou em Os Defensores, aqui temos uma evolução clara do que podemos esperar de Rand para o futuro. Ou melhor, ainda neste ano em questão. A evolução está mais clara da trama, com objetivos claramente traçados para o personagem, além de uma grande melhora nas cenas de luta. A preparação do elenco noticiada anteriormente claramente fez toda a diferença desta vez, com todos tendo um desempenho melhorado.

Tudo funciona de uma forma muito melhor, independente do ponto a ser destacado. Fotografia, roteiro, direção, todos os pontos desta vez estão mais organizados. Isso também levanta questionamentos sobre o primeiro ano, já que na pressa para seguir com Os Defensores, a Netflix teve que correr com o primeiro ano protagonizado pelo Punho de Ferro.

Os personagens também estão melhores trabalhados. E até aqueles que nos irritavam constantemente no início, agora parecem se encaixar melhor na narrativa. Dos que retornam, Colleen é claramente um dos melhores. Isso porque a química entre Finn Jones e Jessica Henwick claramente passou por uma grande melhora. Com o relacionamento dos personagens em outro estágio, os dois também parecem estar mais à vontade com suas companhias em cena. Por sua vez, ainda que continuem sendo irritantes, Joy e Ward também se encaixam melhor na narrativa. Talvez o fator disso seja exatamente porque aparecem somente o necessário, nada em grande destaque como anteriormente.

Na verdade, o grande embate aqui fica por conta do grande confronto entre Danny e Davos. Ou melhor, pela disputa de quem é o verdadeiro digno do Punho de Ferro. E claro, no meio disto tudo ainda temos a já anunciada chegada de Alice Eve como a incrível Mary Walker / Mary Tyfoid. Envolvendo essas três pontas a trama vai evoluindo, mostrando também cenas do passado de Ku’n-Lun enquanto o embate entre protagonista e vilão fica cada vez mais em evidência. Já em outra linha, a trama também vai adequando a participação de Colleen em sua evolução. E isso, quando menos se espera, acaba gerando algumas das melhores cenas e plots da série até aqui. E se não bastasse tudo que acontece, ainda temos como bônus a presença de Misty Knight. Ou seja, As Filhas do Dragão.

Verdade seja dita, a série ainda não está perfeita. Contudo, caso tenhamos uma terceira temporada (e temos um gancho para isso), claramente hoje temos uma expectativa de que o próximo ano funcione melhor do esperávamos do primeiro para o segundo. Isso também pelo simples fato de que uma jornada claramente se fecha nestes episódios, deixando o futuro ainda mais promissor com suas possibilidades após o que foi mostrado. Ao final, fica claro que finalmente O Punho de Ferro chegou, chegando ao ponto de gerar certa expectativa pelo que está por vir.

Confira também: PUNHO DE FERRO | Confira o trailer oficial da 2ª temporada

Não deixe de acompanhar todas as notícias diárias sobre filmes, séries e games do Jornada Geek no facebooktwitter e instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here