-publicidade-

O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS É APENAS MAIS UM FILME DE AÇÃO | PÁGINA 7

As décadas de 70,80 e o começo de 90 serviram para apresentar novos cineastas e grandes projetos ao cinema hollywoodiano. Foi uma época muito ativa para Spielberg e alguns dos seus títulos marcantes como Tubarão, E.T. e Contatos Imediatos do Terceiro Grau, mas também um momento em que grandes franquias envolvendo outros nomes ganharam forma. Naquele período de tempo o mundo viu o nascimento de franquias histórias e que marcam presença até hoje no cinema como O Poderoso Chefão, O Exorcista, Star Wars, Indiana Jones, Jurassic Park, Sexta-Feira 13, A Hora do Pesadelo, Halloween, Alien e, obviamente, Exterminador do Futuro. Ainda assim, isso não significa que todas estão indo muito bem atualmente.

Exterminador 5 dvd

E não, eu não estou falando apenas das principais franquias de terror. Obviamente nomes como  Sexta-Feira 13 e A Hora do Pesadelo passaram por remakes que não foram bem aceitos nos últimos anos, mas eles não são os únicos. Entretanto, o foco aqui ainda é outro projeto que não agradou em suas três últimas continuações. Sim, O Exterminador do Futuro. Agora, após ser exibido nos cinemas, a nova sequência, com o subtítulo de Gênesis, chegou ao mercado home vídeo para reforçar algo já conhecido: ele é apenas mais um filme de ação.

Arnold Schwarzenegger está de volta, boa parte dos outros nomes possuem uma certa qualidade de atuação, mas o título em questão não funciona de forma grandiosa como os seus dois primeiros capítulos. Na verdade, o grande erro da trama foi exatamente tentar mudar o passado na proporção envolvendo os seus originais. Foi isso o que transformou tudo em apenas um número dentro de um gênero batido, com mudanças drásticas e criando uma grande confusão de linha temporada.

E este é apenas um dos pontos que incomodam, já que além de decidir alterar os fatos da sua linha temporal, a nova produção também acabou se concentrando muito em correrias desenfreadas e explosões constantes. Cenas foram elaboradas com grandes quedas, explosões de esconderijos, motos e ônibus no estilo mais clichê de perseguições em ponte. Obviamente, serve muito bem para um filme de ação, mas a única coisa além disso que consegue ser sobressaltada são as confusões temporais.

Mesmo que tivesse seus momentos de ação antigamente, as primeiras produções de O Exterminador do Futuro conseguiam explicar de forma simples as viagens no tempo dos seus personagens e desenvolver toda uma trama ao redor disso. Neste isso passa longe, já que fatos envolvendo um exterminador e mais velho, interpretado por Arnold Schwarzenegger nem se quer é explicado. Confusões são criadas desde tal momento, com John Connor virando uma nova máquina, conhecida como T-1500 e tentando matar os próprios país. Ele ainda dá a entender que eles estão em um espaço temporal em que tudo é possível, mas nada é realmente explicado.

- publicidade-

Verdade seja dita: o roteiro em questão parece ter sido pensado apenas para trazer o astro dos primeiros filmes de volta de alguma forma. Com isso, nem mesmo a participação da atriz Emilia Clarke é totalmente aproveitada. Ainda assim, pelo menos Sarah Connor continua uma personagem realmente forte. Com todos esses fatos e misturas, O Exterminador do Futuro vale um entretenimento, apresenta algumas respostas em sua última cena, mas não se encaixa dentro do que foi apresentado até aqui e cria uma grande confusão sobre o envio da primeira máquina.

Agora, após isso tudo, nos resta apenas esperar para ver se uma continuação ainda será produzida ou se o público ficará com esse enorme buraco de dúvidas em sua cabeça por tempo indefinido.

- publicidade -
- publicidade -
-publicidade-

Notícias relacionadas

O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS É APENAS MAIS UM FILME DE AÇÃO | PÁGINA 7
Marco Victor
Fundador do Jornada Geek e formado em Jornalismo, mas também um grande amante de filmes e antigo frequentador de locadoras. Outras paixões também existentes estão em Séries de TV, HQs, Games e Música. Considera Sons of Anarchy algo inesquecível ao lado de 24 Horas, Vikings e The Big Bang Theory. Banda preferida? São muitas, mas Slipknot ocupa um lugar especial. Espera ansioso por qualquer filme de herói, conseguindo viver em um mundo em que você possa amar Marvel e DC apesar de ter no Batman e As Tartarugas Ninja como os seus heróis favoritos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

543,155FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
20SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,473SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS É APENAS MAIS UM FILME DE AÇÃO | PÁGINA 7

Últimas Postagens

Gavião Arqueiro | Hailee Steinfeld confirma que será a Kate Bishop

Com o seu desenvolvimento definido há algum tempo, a série protagonizada pelo Gavião Arqueiro aos poucos vai ganhando cada vez mais novidades. E entre elas,...

Arrowverse | David Ramsey retornará como John Diggle nas séries do canal CW

Meses após o final de Arrow ter acontecido, as séries da DC agora anunciadas como parte do CWverse, anteriormente conhecido como Arrowverse, aos poucos...

O Juiz | Drama estrelado por Robert Downey Jr. é destaque na Netflix

Com o seu lançamento tendo acontecido em 2014 no Brasil e nos EUA, o filme O Juiz chegou recentemente ao catálogo da Netflix como...

Ava | Filme com Jessica Chastain no estilo John Wick chega na Netflix

Sendo um dos filmes que teve o seu lançamento cinematográfico atrapalhado em 2020 por conta da pandemia, o filme Ava é um das adições...

No Limite do Amanhã | Filme com Tom Cruise e Emily Blunt já está disponível na Netflix

Com o seu lançamento tendo acontecido originalmente em 2014, o filme No Limite do Amanhã agora chegou ao catálogo da Netflix como uma das...