-publicidade-

DEIXE QUE FALEM | KINOS

Hugh Laurie
Hugh Laurie

“Vocês me conhecem, eu já fui um ator, mas eu não conheço vocês.” Assim Hugh Laurie expressou-se na primeira conversa que teve com seu público em um dos shows no Brasil. Estava claro ao bom entendedor que ele sabia, e isso ficava nítido a cada instante, que muitos estavam diante daquele palco para ver o Dr. House, e não para ouvir o blues que ele escolheu junto com The Copper Bottom Band. Muitos dos que conheceram House, que acompanharam suas oito temporadas e curtiram o humor perverso do médico americano não tinham muita afinidade musical com o estilo nascido em New Orleans, e a ponte feita pelo ator pode ter sido a porta de entrada a um novo mundo.

O porém está no fato de que muitos se achavam numa mesa de bar, em que a dupla voz e violão serve para som ambiente e pode ser ignorada. Enquanto a banda tocava, muitos conversavam como se estivessem em casa ouvindo o disco, e quando Laurie parava para conversar, o que ele fazia a cada intervalo entre músicas, fatalmente algum cidadão pouco afeito a ouvir bradava uma besteira. Inglês, o músico sabia como lidar com certos inconvenientes e sorria, fazia piadas e até devolvia para outros espectadores non gratos algumas gracinhas bestas lançadas de outro lado do público. Tudo com refinado humor de quem conhece antropologicamente o ser humano (é formado em Cambridge).

Laurie é artista de muitas façanhas, e se os diagnósticos do seriado o catapultaram para a fama, ele não a construiu ali somente. Galgou degraus passando pelo teatro, pela televisão e pelo cinema, antes do sucesso da série. Talvez fosse conhecido apenas como pai do ratinho Stuart Little, ou o pessimista de O voo da Fênix, em que se pode ver parte de Gregory House. Como o médico, abocanhou prêmios e indicações, fãs e mostrou para o mundo seus dotes musicais. No palco, no entanto, é menos ácido, e apoia-se no humor que dividiu com Stephen Fry para lidar com públicos diferentes por onde viaja acompanhado de banda, piano e violão.

Desde o momento em que entra no palco, no ritmo ditado pela banda, Laurie mostra que não vai diagnosticar ninguém ali, que o músico é um sujeito divertido e didático, com vontade de explicar de onde vem cada música e qual sua relação com ela (o que deixou de fazer em uma das vezes que foi interrompido). Conversa com o público em inglês depois de perguntar se pode fazê-lo, já que não sabe português (“sou um inglês, mal sei minha própria língua”), e troca elogios com a banda a cada número. Os oito no palco preenchem o espaço com diferentes momentos do blues, do jazz, do rock e mesmo com uma pitada de tango e de samba, mostrando o conhecimento da importância dos ritmos latinos para a musicalidade internacional.

Laurie, com uma bandeja em que carrega oito copos com doses de uísque, conta ser um hábito deles tomar a bebida diariamente, e ele promete que beberão pelo público. Quando se oferece um brinde em nome de alguém, mesmo ausente, está sendo feita uma honra, ao que o brindado deve se considerar lisonjeado, e não gritar para o palco que quer um gole também. Menos ainda continuar gritando a cada vez que o artista leva o copo à boca. Falta de educação ignorada pelo músico, por vezes interrompido durante sua fala.

- publicidade-

Além de acostumadas a serem servidas pela música do barzinho, onde a conversa vem em primeiro lugar, as pessoas confundem presença de público com intimidade, e acreditam que o ar cômico do band leader o torna amigo, colega de papo, interlocutor para gritos esporádicos. Desacostumados a sentir a músicas, os indivíduos estavam mais apegados aos seus aparelhos de registro de foto e vídeo para mostrar nas redes sociais que estavam ali. Quando Laurie convida todos a se levantarem para dançar diante do palco, no que poderia ser um grande baile final, uma multidão de telas luminosas gruda-se ao palco e não só briga pela melhor imagem, como a levará para casa para ver com mais atenção e tentar perceber o que sua luta pelo melhor espaço impediu de notar. E depois vai contar pros “amigos”: eu filmei o Dr. House! Ao que desde já respondo: você perdeu um show de blues. Let them talk.

- publicidade -
- publicidade -
-publicidade-

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Siga Nossas Redes Sociais

545,305FansCurtir
31,529SeguidoresSeguir
21SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
20,478SeguidoresSeguir
57InscritosInscrever
publicidade: DEIXE QUE FALEM | KINOS

Últimas Postagens

Tomb Raider | Sequência com Alicia Vikander é adiada por tempo indeterminado

Com o seu primeiro filme tendo sido lançado em 2018, a continuação da nova versão da franquia cinematográfica de Tomb Raider aos poucos vai...

Shotgun Wedding | Jennifer Lopez e Armie Hammer vão estrelar no filme

Começando a ser alvo de novidades, o filme Shotgun Wedding é destaque na mídia. E assim, agora as novas informações envolvem a formação do seu elenco. Segundo...

Why Women Kill | Allison Tolman e Nick Frost entram no elenco da 2ª temporada

Voltando a ganhar novidades aos poucos, a série Why Women Kill é alvo de novidades. E assim, agora as novas informações envolvem a formação do...

Power Rangers | Bryan Edward irá escrever o roteiro do novo filme

Com o seu desenvolvimento já noticiado anteriormente, o novo reboot cinematográfico da franquia Power Rangers voltou a ganhar novidades. E entre elas, a mais recente...

Platonic | Série é encomendada por Apple TV+

Começando a ganhar novidades, a série Platonic é alvo de destaque na mídia. E asssim, agora as novidades envolvem sua encomenda e elenco. Segundo informações do...

Born to Be Murdered | Netflix adquire o filme estrelado por John David Washington

Apostando em seu catálogo, a Netflix segue em destaque na mídia. E assim, agora as novidades envolvem a sua nova aquisição: o filme Born to Be...

Cyberpunk 2077 é adiado para 10 de dezembro

Inicialmente previsto para ter sido lançado no primeiro semestre de 2020, o jogo Cyberpunk 2077 voltou a ganhar novidades. E assim, agora a CD Projekt...

American Gods 3ª temporada ganha data de estreia nos EUA

Mais de um ano e meio após a confirmação do seu desenvolvimento, a 3ª temporada da série American Gods segue ganhando novidades. E entre elas,...